quarta-feira, 13 de junho de 2012

Artigo de Drauzio Varella sobre intolerância religiosa .

Alunos dos Primeiros Anos Regulares e Integrados em Informática e Logística, em continuação ao nosso tema sobre "Religiosidade e Tolerância" comentem o texto abaixo, não se esquecendo da criticidade e também da questão ética diante do artigo. Os comentários serão aceitos até o dia 29 de julho de 2012.

"Sou ateu e mereço o mesmo respeito
 que tenho pelos religiosos"

Intolerância Religiosa

O fervor religioso é uma arma assustadora, disposta 
a disparar contra os que pensam de modo diverso

A humanidade inteira segue uma religião ou crê em algum ser ou fenômeno transcendental que dê sentido à existência. Os que não sentem necessidade de teorias para explicar a que viemos e para onde iremos são tão poucos que parecem extraterrestres.

Dono de um cérebro com capacidade de processamento de dados incomparável na escala animal, ao que tudo indica só o homem faz conjecturas sobre o destino depois da morte. A possibilidade de que a última batida do coração decrete o fim do espetáculo é aterradora. Do medo e do inconformismo gerado por ela, nasce a tendência a acreditar que somos eternos, caso único entre os seres vivos.

Todos os povos que deixaram registros manifestaram a crença de que sobreviveriam à decomposição de seus corpos. Para atender esse desejo, o imaginário humano criou uma infinidade de deuses e paraísos celestiais. Jamais faltaram, entretanto, mulheres e homens avessos a interferências mágicas em assuntos terrenos. Perseguidos e assassinados no passado, para eles a vida eterna não faz sentido.

Não se trata de opção ideológica: o ateu não acredita simplesmente porque não consegue. O mesmo mecanismo intelectual que leva alguém a crer leva outro a desacreditar.

Os religiosos que têm dificuldade para entender como alguém pode discordar de sua cosmovisão devem pensar que eles também são ateus quando confrontados com crenças alheias.

Que sentido tem para um protestante a reverência que o hindu faz diante da estátua de uma vaca dourada? Ou a oração do muçulmano voltado para Meca? Ou o espírita que afirma ser a reencarnação de Alexandre, o Grande? Para hindus, muçulmanos e espíritas esse cristão não seria ateu?

Na realidade, a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. Não é o que pensa o evangélico na encruzilhada quando vê as velas e o galo preto? Ou o judeu quando encontra um católico ajoelhado aos pés da virgem imaculada que teria dado à luz ao filho do Senhor? Ou o politeísta ao ouvir que não há milhares, mas um único Deus?


Quantas tragédias foram desencadeadas pela intolerância dos que não admitem princípios religiosos diferentes dos seus? Quantos acusados de hereges ou infiéis perderam a vida?

O ateu desperta a ira dos fanáticos, porque aceitá-lo como ser pensante obriga-os a questionar suas próprias convicções. Não é outra a razão que os fez apropriar-se indevidamente das melhores qualidades humanas e atribuir as demais às tentações do Diabo. Generosidade, solidariedade, compaixão e amor ao próximo constituem reserva de mercado dos tementes a Deus, embora em nome Dele sejam cometidas as piores atrocidades.

Os pastores milagreiros da TV que tomam dinheiro dos pobres são tolerados porque o fazem em nome de Cristo. O menino que explode com a bomba no supermercado desperta admiração entre seus pares porque obedeceria aos desígnios do Profeta. Fossem ateus, seriam considerados mensageiros de Satanás.

Ajudamos um estranho caído na rua, damos gorjetas em restaurantes aos quais nunca voltaremos e fazemos doações para crianças desconhecidas, não para agradar a Deus, mas porque cooperação mútua e altruísmo recíproco fazem parte do repertório comportamental não apenas do homem, mas de gorilas, hienas, leoas, formigas e muitos outros, como demonstraram os etologistas.

O fervor religioso é uma arma assustadora, sempre disposta a disparar contra os que pensam de modo diverso. Em vez de unir, ele divide a sociedade -quando não semeia o ódio que leva às perseguições e aos massacres.

Para o crente, os ateus são desprezíveis, desprovidos de princípios morais, materialistas, incapazes de um gesto de compaixão, preconceito que explica por que tantos fingem crer no que julgam absurdo.

Fui educado para respeitar as crenças de todos, por mais bizarras que a mim pareçam. Se a religião ajuda uma pessoa a enfrentar suas contradições existenciais, seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta.

Quanto aos religiosos, leitor, não os considero iluminados nem crédulos, superiores ou inferiores, os anos me ensinaram a julgar os homens por suas ações, não pelas convicções que apregoam.

Artigo publicado na Folha de SP.

Fonte: http://blogdomarciotavares.blogspot.com.br/2012/04/artigo-de-drauzio-varella-sobre.html

69 comentários:

  1. Bom eu vejo a religiosidede como uma escolha de cada um,não devemos criticar,mais sim respeitar a escolha do outro. Para uns a crer em Deus é a esperança de passar para um plano melhor depois da vida aqui na terra,já para outros não é tão importante assim.Não existe religião melhor ou pior mais todas são para ser seguidas por aqueles que nela acredita.
    "Emerson fiorot careta 1°M04"

    ResponderExcluir
  2. Bom, eu vejo a religiosidade como uma escolha de cada um. Não devemos críticar uma pesssoa pelas suas escolhas e sim aceita-las e respeita-las. Uns vêem a religião como uma forma de proximidade com deus acreditam em uma vida melhor depois que deixa seus corpos aqui na terra, já outros não acreditam tanto assim. Mais o importante é respeitar as decisões de cada um concordando ou não.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho assim, que cada um segue a religião que acha melhor, e cabe a nós seres humanos respeitar a decisão de cada um. Não é só porque a pessoa é ateia que ela é diferente das outras pessoas. Ninguém é obrigado a acreditar em Deus, mas sim a respeitar aqueles em que nele acredita pois cada um tem sua crença.

    Gizelle Nogarol-1º M01

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ter argumentado mais. Ainda temos tempo.

      Se quiser pode está construindo um novo texto.

      Excluir
    2. Devemos aceitar e respeitar os ateus como todas as outras pessoas. Eu respeito e trato um ateu do mesmo modo com que trato as pessoas religiosas. Mas, nem todas as pessoas agem desse modo.
      Um ateu é como qualquer outro ser humano, ele apenas não tem religião e não frequenta nenhuma igreja.
      Ninguém é obrigado a acreditar em Deus, cada um escolhe o caminho que quer seguir. O que não podemos é julgá-los e criticá-los sem saber da vida deles, e o que eles passam.

      Excluir
  4. Bom no meu ponto de vista, devemos ter respeito com os ateus. Só porque os ateus não crer em Deus não devemos criticar e nem julgar os ateus. Pode ser difícil compreender, mas nem por isso devemos criticar. Fazemos esforço por varias coisas, vamos tentar não criticar os ateus, já é um bom começo para as pessoas que criticam os ateus. Devemos respeitar os ateus muitas pessoas pensam que é difícil, pode ser difícil, mas tendo querer nós conseguimos. Esse texto nos faz a refletir como o mundo está hoje sore a religião. E pra mim cada um tem direito de escolher sua religião. E aquelas pessoas que escolheu ser ateu não devemos criticar e sim respeita-las trata-las como tratamos os religiosos.
    Luana Biló Brunelli-1M01

    ResponderExcluir
  5. Lucas Cevolane
    1º Ano Informática
    Segundo meu ponto de vista referente a Dr. Drauzio eu acho a religiao um assunto muito delicado e que mexe mais com o ser humano do que muitas açoes, a religiao é como raça, branco, negro, amarelo, todos temos umaalguns criticam outros respeitam mas ninguem fica pergunta o por que da pessoa ser negra ou ser branca ou ser amarela, pois isso vem dos paiz nao é ? Entao deviamos aceitar a religiao como algo que recebemos de herança, se gostamos bem, se nao gostamos simplesmente respeitamos sem conflitos para haver uma sociedade unida e composta por pessoas educadas e nao trogloditas que se dizem melhores uns do que os outros esse é meu ponto de vista.Sou catolico por batismo, acho ESTREMAMENTE ABSURDO alguns ditos ou realizados da religiao porém eu nao vivo do passado e sim do futuro, nao vivo dos outros e sim de min...

    ResponderExcluir
  6. A MINHA OPINIÃO COM RELAÇÃO A RELIGIÃO, É QUE TODOS SÃO LIVRES PARA ACREDITAR NO QUE ACHAM QUE É CERTO.MAS TODOS DEVEM RESPEITAR A CRENÇA DOS OUTROS, É FORMA PARA SER RESPEITADO.EU SOU CATÓLICA POR BATISMO, AINDA SIGO A RELIGIÃO, MAS EU VIVO ME PERGUNTANDO SOBRE CERTAS COISAS DA RELIGIÃO, ALIAS, NÃO SÓ A MINHA, OUTRAS RELIGIÕES TAMBÉM, MAS NUNCA CHEGO A DESRESPEITAR. APENAS PROCURO A COMPRENSÃO. O FATO DE CRER OU NÃO EM ALGO, DEPENDE DE CADA UM, É A SUA FORMA DE PENSAR, NINGUÉM É OBRIGADO A ACREDITAR, MAS SIM A RESPEITAR, É A REGRA PARA VIVER EM SOCIEDADE. O MUNDO ESTÁ CHEIO DE TRAGÉDIAS DE TODOS OS TIPOS, PRIMEIRAMENTE, POR CAUSA DA INTOLERANCIA QUE MUITOS ETNOCENTRICOS TEM, E QUE LEVAM MUITAS PESSOAS AO ATO DE VIOLENCIA, AGRESSÃO E INCOMPREENSÃO DA CULTURA DO OUTRO. CONCLUINDO, EU RESPEITO TODAS AS CRENÇAS E ADIMIRO ALGUMAS, MAS EU QUERO QUE DA MESMA FORMA RESPEITEM A OPINIÃO DOS OUTROS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há como corrigir comentário sem identificação do aluno.

      Excluir
  7. acho a intolerancia um absurdo, nao vai ser assim que as coisas vao melhorar, por isso eu trouxe a letra dessa musica do padre zezinho que nos conta exatamente sobre isso!

    Cantiga Por Um Ateu
    Padre Zezinho

    Um grande amigo meu
    Que a sua fé perdeu,
    No dia de Natal me procurou.
    Contou-me a sua vida
    Tão cheia de incertezas
    Com tanta honestidade
    Que me fez chorar.
    E a lágrima teimosa caindo no meu rosto
    Lavou meu preconceito de cristão.

    Eu sei que da verdade eu não sou dono,
    Eu sei que não sei tudo sobre Deus.
    Às vezes, quem duvida e faz perguntas,
    É muito mais honesto do que eu.

    Ao grande amigo meu
    Que a sua fé perdeu,
    No dia de Natal me confessei.
    Contei-lhe a minha vida
    Tão cheia de procuras
    Com tantas esperanças
    Que ele até sorriu.
    E aquele riso aberto
    Nos trouxe bem mais perto,
    Lavou seu preconceito de ateu.

    Por este amigo meu
    Que a sua fé perdeu,
    Naquele mesmo dia eu fui rezar.
    E a minha prece amiga
    Gerou esta cantiga
    Que eu fiz pensando muito
    Em meu país cristão.
    Às vezes muita gente
    Não crê no que acredita
    E afasta o seu irmão da religião.

    essa é a verdade há vários religiosos que estao desfarçados dentro da igreja e afasta o seu irmao da religiao.
    Deus ja nos deu o lívre abríteo, agora a desiçao é sua! A minha ja tomei, envangelizar sim! Acabar com a religiao dos outros,nao!
    Kátia Úrsula Davel Camporez 1 m03(Joao Bley)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kátia você citou a música acima, mas qual seria sua postura diante de uma pessoa não religiosa? De um ateu? Será que tentar evangelizar não é ser intolerante com o que a pessoa acredita? Você gostaria se o ateu tentasse te provar que deus não existe?

      Excluir
    2. Acho a intolerança um absurdo, não vaio ser assim que as coisas vao melhorar, cada um é livre para escolher a fé que quiser.
      Estive atente a suas perguntas, espero ter correspondido ao seu questionamento.
      1a ) Qual seria a sua postura diante de uma pessoa não religiosa? De um ateu?
      Eu trataria com o mesmo amorque trato um cristão ou outra pessoa de religião diferente. (quero deixar bem claro aceitamos o ateu mais nao aceitamos o ateismo).
      2a ) Sera que tentar envangelizar nao é ser intolerante com o que a pessoa acredita?
      Nao. Porque afinal temos o direito de expressar a nossa fé, senao estaremos partindo para outro tema que é liberdade de expressão. Voltando a intolerança religiosa, tudo depende de cada pessoa, pois ninguém é obrigado a acreditar em Deus, como citei no comentario anterior, Deus nos deu o livre-arbítrio, isso significa que somos livre para escolher que caminho seguir, Deus nao pegara ninguem a força.
      Ninguém é intolerante por falar de Deus.
      Porque somos chamados de intolerantes por falarmos de Deus?
      Porque as pessoas que pregam as coisas terranas não são chamadas de intolerantes?
      Vou dar um simples exemplo: eu coloco musica catolica dentro da minha casa, porem eu moro perto de um ateu, concerteza me chamariam de intolerante.Mais há uma pessoa que ouve forró dentro de casa e mora perto de uma pessoa que gosta de rock, ninguem a chama de intolerante.
      É a mesma situaçao, a diferença é que quando o assunto é Deus todos querem atirar a pedra.
      3ª ) Voce gostaria que um ateu tentasse te provar que Deusnao existe?
      Nao. Mais eu o ouviria nortmalmente,porem no final colocaria a versao cristã, creio assim que entrariamos em um supremo debate.
      Quero lembrar aqui que um debate nao significa obrigar a pessoa a aceitar a minha fé. Apenas estaremos dialogando sobre nossos conhecimentos.

      Enfim sou feliz por ser catolica, amo Jesus e não a nada e ninguem no mundo que me fara mudar de idéia.
      Eu creio em Deus, creio que ninguém me ama como ele.
      Kátia Úrsula Davel Camporez 1º m03

      Excluir
    3. Mas a sua Liberdade não termina onde inícia a do outro? Se a pessoa se diz atéia você era insistindo com a evangelização, mesmo contra a vontade da pessoa?

      Excluir
    4. Novamente estou aqui para falar da intolerância, e responder as suas perguntas.
      (1a ) Mas a sua Liberdade não termina onde inicia a do outro?
      Sim. Mais falar de Jesus as pessoas não aprisionam e nem tira a liberdade de ninguém, por que a decisão é dela, a conversão é individual. Deus não faz distinção de pessoas, por que Deus não abandona as pessoas. Mesmo que contra a vontade dela. Porque o amanha pertence a Deus, por que a palavra de Deus semeada nunca fica sem germinar, claro que na hora que falarmos ele ficara irado. Mais não tem importância.
      (2ª ) Se a pessoa se diz atéia você era insistindo com a evangelização, mesmo contra a vontade da pessoa?
      Quem disse que vamos insistir. J a citei nos dois comentários anteriores todo mundo é livre, Deus não prende ninguém, ele não pegara ninguém a força, se a pessoa não quer ouvir, temos so que entregar na mão de Deus.
      Kátia Úrsula Davel Camporez
      1M03

      Excluir
  8. Sofia Fazolo
    1º Informaática

    Boom falar de religiao e comlicado por que cada um segue uma religiao diferente, cada um de noos devemos buscar aprender a respeita a religiao dos outros por que cada um tenho direitos pra escolher como vamos seguir na vida religiosa, sigo a minha vida religiosa como eu acho que deve ser vivida , acreditando em deus e fazendo minhas oraçoes por que so deus que pode realmente dar um vida plena pra todos que crem nele

    ResponderExcluir
  9. Esse tema, sempre que abordado, causa grande polêmica. É como sempre me disseram: "Religião não se discute!"
    Porém, respeito é uma coisa que cabe em qualquer lugar. Eu sou católica, mas nunca discriminei protestantes, até porque eu acredito que não cabe a ninguém julgar aqui na terra. Que quem julga é um ser superior, na qual eu acredito que seja nosso Senhor Jesus Cristo e pessoas de outras religiões lhe dão outro nome, as vezes não dão, enfim, o ser superior que todos acreditam. Um dia me surpreendi, porque conheço pessoas muito fervorosas, que levam sua religião como verdade absoluta... Eu não discrimino isso, muito pelo contrário, eu acho legal essa coisa das pessoas estudarem uma religião, eu mesma queria ser uma cristã mais firme no meu credo, queria uma fé bem maior. Mas enfim, eu me surpreendi pelo fato de que, tais pessoas tinham perdido completamente esse tal respeito que eu falei no início. Publicaram coisas desrespeitando Maria e a intercessão de Santos que os católicos acreditam. Eu fiquei de boca aberta! Eu acho que eles, mais que todos, deveriam respeitar... Eu sou daquelas que acredita que não é preciso falar mal de uma religião pra converter uma pessoa para outra. Porque desmerecer uma crença que você não acredita, é muito fácil, defender a que você acreditar sem criticar, aí começa a complicar...

    Copiei esse trecho, de Mateus 7: 1-5

    "1 Não julgueis, para que não sejais julgados.

    2 Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.

    3 Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?

    4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?

    5 Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão."

    Esse trecho já começa bem claro: NÃO JULGUEIS! Isso deve ficar com a gente... As vezes é muito mais fácil apedrejar religiões e credos do que tomar uma posição e agir sem condenar, agir sem por defeitos nas outras crenças. Vamos ter uma eterna discursão sobre isso, porém acho que antes de abrir qualquer debate, devemos levar em conta uma porção de fatores e antecedentes. Deixo claro que não estou tentando atingir ninguém com esse comentário e nem pondo minha religião/crença como a certa, apenas falei e dei exemplo. Sem tomar partido algum!

    Lara Poncio Batista, 3º ANO LOGíSTICA

    ResponderExcluir
  10. Lara o seu texto está ótimo porem o seu trabalho que será avaliado como pontuação extra é comentário sobre os videos: Ética, Moral e Direito. Ok...?

    Grande abraço e obrigado pela participação.

    ResponderExcluir
  11. Bom, cada um de nos fazemos nossas escolhas, não e nosso dever cuidar da vida dos outros e sim cuidar da nossa própria vida, temos o direito de escolher a nossa religião, o que vamos seguir é em que acreditar, então pra mim a religiosidade e uma coisa de que cada um tem pra ele, e não devemos criticar porque a dele e diferente da nossa, religião realmente e uma coisa que não se discuti, devemos seguir aquela q nos faz bem e deixar a dos outros em decisão deles e olhar para a nossa. Eu escolhi a católica, sou feliz por isso e mesmo assim tenho muitos amigos de outras religiões e não os critico e sou muito grata pela amizade deles, temos que viver a nossa vida e não a dos outros então a religião e coisa que cada um deve ter a sua e guarda pra ele.
    Laila Faccin 1ºM02

    ResponderExcluir
  12. porque e para que os pastores tomam dinheiro dos pobres que se matam de trabalhar para o governo ainda comer eles com os impostos????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual a sua identificação? De qual turma? E é para fazer um comentário crítico diante do texto.

      Excluir
  13. eu vejo que cada pessoa tem o direito de escolher a sua religião e nos não devemos criticar ou jugar,mas sim respeitar a escolha de cada pessoa

    Igor B.Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ter argumentado mais. Se quiser ainda temos tempo para a construção de um comentário mais aprofundado.

      Excluir
  14. cada um tem sua opinião,seus pensamentos,concordar ou não...Enfim,será que todos levam sua religião a serio?este trecho "Fui educado para respeitar as crenças de todos, por mais bizarras que a mim pareçam."É para todos pois cada tem sua opinião perante este texto.Cada um tem uma maneira de se expor sobre o assunto
    Daniele Meneguete
    1M03

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniele você poderia ter explorado mais o texto. Tenha uma atitude filosófica diante do mesmo e procure aprofundar mais a sua crítica do mesmo. Ainda temos tempo. Abraço

      Excluir
    2. Religião,o que podemos dizer?cada um tem a sua!não podemos de forma alguma criticar as religiões das pessoas,podemos dar opiniões!será que todos estão seguindo sua religião ou fala que tem religião e não faz absolutamente nada?
      Daniele Meneguete
      1M03

      Excluir
  15. Cada pessoa deve acreditar no ser ou em um modo de viver, no qual o faz entender melhor a vida. Cada um vive do modo que desejar, e é nosso dever respeitar a escolha do mesmo, e as vezes é comum apoiar e encaminhar essa pessoa em seu caminho religioso.
    Existem vários modos de entender a vida, alguns acreditam na criação feita por deus, já outro não, há também aqueles que acreditam em outros deuses,etc. É por esse motivo que existe tantas religiões.
    O que devemos fazer é cuidar da nossa vida, e preservar a vida dos demais, pois querendo ou não, cada pessoa vai seguir a vida religiosa que à faz se sentir melhor, e também entender melhor a vida. Então é normal estarmos sempre preparados para novos desafios que a vida irá nos proporcionar.

    Elielton Pagio Desteffani - 1ºM04

    ResponderExcluir
  16. A MINHA OPINIÃO COM RELAÇÃO A RELIGIÃO, É QUE TODOS SÃO LIVRES PARA ACREDITAR NO QUE ACHAM QUE É CERTO.MAS TODOS DEVEM RESPEITAR A CRENÇA DOS OUTROS, É FORMA PARA SER RESPEITADO. E TAMBEM EU ACHO QUE NINGUEM TEM O DIREITO DE FICAR CRIRTICANDO A RELIGIAO DOS OUTROS ,PORQUE TODO MUNDO TEM O DIREITO DE ESCOLHER A RELIGIAO QUE QUISER ENTAO A GENTE TEM QUE RESPEITAR A DECISAO DE CADA UM EU SO NAO ENTENDO UMA COISAcada PORQUE QUE AS RELIGIOES TEM UMA FORMA DE PENSAR DIFERENTE EU ACHO QUE E POR ISSO QUE AS PESSOAS DE RELIGIOES DIFERENTES ELES CRITICA UM A OUTRO E POR ISSO PORQUE ELES TEM UMA FORMA DE PENSAR DIFERENTE EU ACHO QUE SE AS RELIGIOES PENSASSE IGUAL NAO TERIA ENTRIGA ENTRE AS RELIGIOES ;E A RELAÇAO AOS ATEUS EU TAMBEM ACHO QUE NINGUEM TEM O DIREITO DE CRITICAR ELES PORQUE ELES NAO ACREDITA EM DEUS A GENTE TEM QUE RESPEITAR A OPINIAO DELES SE ELES ESCOLHERAM NAO ACREDITAR EM DEUS A GENTE NAO PODE FAZER NADA.EU TAMBEM ACHO QUE AS PESSOAS FICA MAIS PREOCUPADOS NA RELIGIAO DOS OUTROS COMO POR EXEMPLO(FICAR CRITICANDO, FANDO MAL QUE EU SEI QUE ISSO ACONTECE...ETC)E ESQUECE DA DELE QUE TAMBEM TEM MUITOA DEFEITOS ,E AS PESSOAS FICA MAIS PREOCUPADOS EM VER DEFEITOS NA RELIGIAO DOS OUTROS E ESQUECE QUE NA DELA TAMBEM TEM MUITOS DEFEITOS....
    NAO SEI SE FICOR BOM SE NAO FICO VC ME FALA QUE VOU FAZER DE NOVO EU ACHO QUE REPETI MUITA COISA

    CAROLINE OLIVEIRA
    1°M01

    ResponderExcluir
  17. Bom eu acho que cada um de nos temos o direito de escolher nossa religião e nao devemos criticar e jugar a religião dos outros pois cada um faz da vida o que quizer, devemos respeitar para sermos respeitado,porque o nosso dever nao e ficar tomando conta da vida dos outros.

    Tainan B fejoli
    1°M04

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tainan você poderia se aprofundar um pouco mais na reflexão... Ainda temos tempo.

      Excluir
  18. Em nossa sociedade temos o direito de liberdade. Cada um fala o que quer, faz o que quer, mais temos o dever de não prejudicar o próximo. Assim como na religião todos nós possuímos liberdade de escolhermos qual seguir, apesar de Deus ser um só.
    Na maioria das vezes temos preconceitos por aqueles que não são da mesma religião. Mais o que em porta é o seguimento de cada um e nós temos que respeitar a decisão do outro. Geralmente a religião é hereditária ou seja passa de pai pra filho, a casos que os filhos não concordam e seguem outra religião.
    E também há pessoa que não possui religião, isso é escolha própria, não podemos criticá-los, assim como possuímos liberdade os ateus também possui.
    Na maioria das vezes temos preconceitos pelos ateus mais não deveríamos, pois na verdade temos que nos importar com nós mesmos não com os outros.
    Arielly 1M02

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo Arielly. Seu texto demonstra reflexão sobre o assunto.

      Excluir
  19. Eu penço que todos tem o direito de escolher a sua religião, todos nós devemos concordar e respeitar a religião do próximo.
    Para algumas pessoas é muito importante acreditar e crer em Deus, já para outras crer em Deus é uma coisa fora do normal.
    Então não devemos olhar para a religião das pessoas, mas sim para seu caráter, e de uma forma geral respeitar todos com igualdade.

    Jonatan Camporeze 1ºM04

    ResponderExcluir
  20. Bom eu acho que todos tem direito de escolher a sua religiosidade, nao devemos criticar as escolhas das pessoas e sim acreditar e respeitá-las.
    Existem pessoas que acreditam em Deus, e existem às que não acreditam. Para aquelas que acreditam,é como se fosse uma forma de garantir seu lugar do lado dele.
    Portanto não existe religião melhor ou pior,mas sim para ser seguida e na qual acreditada.

    Vanildo de Oliveira Ambrosio 1ºM04

    ResponderExcluir
  21. Infelizmente hoje vemos em nossa sociedade esse preconceito e desrespeito ao próximo quando o assunto se refere a religião. Todos são livres de escolher sua religião e devemos respeitar o direito dos outros. Algumas vezes julgamos ou não respeitamos as pessoas de outras religiões, e por isso devemos parar um pouco e se colocar no lugar dessas pessoas, refletindo tudo aquilo que tenhamos ou temos feito contra essas pessoas.
    Eu penso que cada um deve seguir a religião que quer. Ninguém é maior ou melhor do que ninguém. Em relação a religião, é uma questão de cada um e achar o que for melhor para si. Cada religião ou cada pessoa tem a sua crença e portanto devemos pensar bem nisso. Se não houvesse tantos desrespeitos e tantas injustiças, acredito que a nossa sociedade ou o nosso mundo estaria bem melhor pra se viver.
    Caio Henrique 1ºM02

    ResponderExcluir
  22. Eu penso que todos devem respeitar o direito dos outros. Cada um é livre de escolher aquilo que deve seguir ou acreditar. Muitas vezes julgamos as pessoas de religiões diferentes ou de outras religiões e desrespeitamos elas sem parar um pouco para pensar e refletir aquilo de mau que estamos fazendo e se colocar no lugar dessas pessoas e refletir se aquilo que estamos fazendo com essas pessoas é ruim.
    Cada pessoa tem o direito de escolher aquilo que for melhor. Se não houvesse tantos desrespeitos e tantas injustiças acredito que nossasociedade ou o nosso mundo seria melhor de se viver.
    Caio Henrique 1ºM02

    ResponderExcluir
  23. O problema de muitas pessoas é pensar que naquilo que elas acreditam é o certo ou só existe aquilo e o resto é algo demoníaco , mas elas não param pra pensar que existem milhares de evidências sobre religião , muitas pessoas não sabem seguir a religião de uma forma livre pois elas coloca a religião como algo único e perfeito ou seja , elas não abrem portas para outras opções sobre o assunto , casa um trás de seus pais ou avós suas crenças e acabam seguindo ela ou de uma forma que ele realmente acredite ou de uma forma obrigada sem liberdade para escolher , quando a pessoa leva a religião com ela para outros lugares ela vê pessoas de outra religião ou de crenças diferente ou ateias e acaba julgando a pessoa de uma forma ruim simplesmente pela forma diferente de pensar. Religião é algo para você levar para você sem que isso influencie nas relações com outras pessoas ou na forma de respeitar os outros , como foi citado no texto " crentes " vêem pessoas ateias como desprezíveis, desprovidos de princípios morais, materialistas, incapazes de um gesto de compaixão , mas julgam elas apenas pelo o que ela acredita religiosamente , não pelo o que ela faz diante da humanidade considero isso uma falta de respeito mas é a realidade !
    Acho que as pessoas tinham que parar um pouco para pensar e ao invés de ficar enganando a si mesmas vão na igreja viram santas dentro da igreja mas fora delas igreja não é nada as crenças são esquecidas isso pra mim é uma hipocrisia !

    Gean Moreira 1º MO2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo Gean, texto reflexivo que demonstra leitura reflixa do tema em questão. Parabéns.

      Excluir
  24. Na minha opinião devemos aceitar e respeitar a religiosidade de cada um
    Muitas pessoas criticam a religião de outros .
    Hoje em dia somos livres para seguir o que queremos e todos temos o deverde respeitar a desisão das pessoas muitas vezes criticamos o próximo pela sua religião e isso é extremamente errado pois é um preconceito grave.
    Não existe a religião certa ou errada mas a que cada um se sente feliz em seguir

    barbara robertti 1°m02

    ResponderExcluir
  25. Gabriela Vinco 1ºM0125 de julho de 2012 16:48

    A parte do texto que mais gostei foi: “Fui educado para respeitar as crenças de todos, por mais bizarras que a mim pareçam. Se a religião ajuda uma pessoa a enfrentar suas contradições existenciais, seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta.”
    Cresci com a ideia de que todos somos iguais e merecemos respeito tanto quanto devemos respeitar, o modo de pensar, a opinião, a religião dos outros. Hoje a sociedade critica tudo e todos, sem pensar nas conseqüências. Como no texto, cita o exemplo da religião, que hoje é uma das causas de muitos confrontos, ateus, católicos, protestantes, cada um com sua opinião. Não entendo como uma pessoa que defende um Deus consegue matar em nome desse Deus... Para mim não importa a religião e sim o caráter, de que adianta a pessoa ser crente e praticante da sua religião se não é capaz de ajudar um necessitado? O mundo precisa de amor, não de religiões,e tambem não é por que voce cre em algo que todos devem crer tambem. Devemos esquecer a religião e tratar todos iguais, afinal somos iguais.
    Gabriela Vinco- 1ºM01

    ResponderExcluir
  26. Karolyne Piovezan 1ºM0226 de julho de 2012 10:54

    Bom , acho que temos que respeitar a escolha dos outros . Porque cada um tem a capacidade de acreditar em uma coisa , e nao sera nossas criticas que vao mudar . Temos livre vontade de escolher a religiao que quizermos , entao se ficarmos criticando os outros é um preconceito. As pessoas em vez de criticar deveriam pensar em si mesmos , porque falar é muito facil , olhar pra si mesmo que é dificil . Se nao houvesse tantos problemas com esse preconceitos , acredito que nossa sociedade seria melhor .

    ResponderExcluir
  27. bom, eu acho essa coisa de religiao algo muito polemico e muito idiota ao mesmo tempo. a religiao é algo como uma roupa que voce escolhe vestir, voce tem o seu pensamento (obvio que o pensamento de ninguem é igual) e vai segui-lo. certas pessoas (principalmente catolicos e evangelicos) criticam tanto os ateus e anticristos que acabam esqeçendo que existe muitas outras religioes como os budistas, hindus e etcs. entao porque eles respeitam muitos budistas e hindus, mais nao respeitam os ateus? eles acham que se a pessoa acreditar em algo ja esta bom? principalmente pessoas de mais idade, que cresceram sobe forte pressao religiosa pelos pais.
    o mundo de hoje é muito hipócrita, eles vivem falando mal de ateus e anticristos mais nao sabem oque levaram cada pessoas a seguir esse rumo. eu simplesmente acho que preconceito sobre religiosidade é a coisa mais ridicula que existe. e eu acho que respeito é algo que todos deveriam ter : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Texto sem identificação não há como corrigir e avaliar... Por favor coloque nome e turma.

      Excluir
    2. vinicius 1º03, haha desculpa, esqeçi de colocar nome : )

      Excluir
  28. Bom eu acho que cada um tem sua religião, que deve ser respeitada pois religião cada um tem a sua e não é religião que faz o caráter da pessoa e muito menos a moral. ninguém deve criticar alguém pela sua religião pois cada um tem a sua biografia tem a sua crença, criticar e revindicar uma coisa ilegal como a politica que anda de mal a pior que somos feitos de palhaço, mais nos incomodar como uma coisa que é particular de cada um. ninguém é obrigado a agradar a ninguém devemos respeitar para ser respeitado mais hoje em dia ta tudo mudado. mais acho que ninguém deve tomar conta da vida de ninguém pois somos livres para seguir o que quisermos e não fazer a vontades dos outros. Maiara Silva 1°M02

    ResponderExcluir
  29. Acho que todos devem ser respeitados independente de religião pois religião cada um tem a sua e ninguém tem nada ave com isso pois é uma coisa pessoal de cada um. religião é algo delicado pois cada um tem uma crença diferente um modo de acreditar diferente e é essa diferença que devemos saber respeitar sem direito de criticar pois religião é coisa séria que ninguém deve se entrometer .Mirely Stofeles de Paula 1°02

    ResponderExcluir
  30. Acho que temos que ser bem cautelosos ao falar de religião , pois não é tão simples assim , boa parte das pessoas são bem criticas com essas questões, mas nem todas .Um fato é que devemos respeitar a crença das pessoas em volta de nós pois vivemos em um mundo que hoje não se vivi mas sozinho e se começarmos a jugar e a brigar imagina que guerra que vai ficar o mundo , bom ele já esta uma guerra por esse fato, para que não hajá esses conflitos é que devemos aceitar a crença do outro , por que assim evitamos conflitos e assim teremos mas respeitos entre todos os povos .
    Para mim isso é falta de maturidade e reflecção.Eu não jugo ninguem , pois sei como é viver somente para igreja , e vivendo assim muitos acham que devem ser inimigos de outras religiões , de verdade muitas vezes já disseram que não poderia ser amiga de outras pessoas que não fossem da minha igreja, mas eu sei que isso é errado ,por isso não me importei , mas sempre tem aqueles que acham que isso é o certo . Acho que agora podemos ver , analizar , e aprender que isso não importa , por que de toda forma somos iguais, não importa religião.
    ALANA DE ANDRADE RIBEIRO 1°M01

    ResponderExcluir
  31. Bão acho que se tratando de religião eu sou um pouco por fora, do assunto, pois não tenho muita coisa a dizer, pois eu acho que cada um tem a sua religião.
    E não podemos fazer as pessoas mudar de religião só porque a gente acha que aquela religião e ruim ninguém podem mudar as opiniões do outros cada um tem a sua não devemos questionar nenhuma religião, pois se a gente não gosta da que La religião alguém gosta e muito.
    E também não podemos ter preconceito com as pessoas só porque ela e de outra religião se aquela religião faz bem para ela, quem somos nós para questionar.
    Muita gente questiona os ateus, será que é talvez porque eles não acreditam em deus, eu queria saber, por que não vejo motivo para julgá-los.
    Se eles não acreditam em Deus problema é deles não vou julgá-los por isso acho que todas as pessoas deviam pensar assim como eu

    Lucas Raimundo
    1ª m03

    ResponderExcluir
  32. Penso que, a diversidade cultural e religiosa está se tornando alvo de desrespeito atualmente. O fato é que não existe uma religião melhor que a outra seja ela católica, evangélica, espírita, isso é questão de opção pessoal. O ser humano hoje, não respeita a diversidade religiosa e por isso ocorre o preconceito, conflitos, discussões. A sociedade atual é muito injusta e cruel, infelizmente ainda existe hoje a diferença isso faz com que aja preconceito contra o outro. Nós somos os únicos que podemos mudar a sociedade enquanto há tempo pois, a questão religiosa pode se expandir e ficar cada vez mais inaceitável.

    Giordano Vittorazzi

    ResponderExcluir
  33. A humanidade crê em varias coisa, que de sentido a existência. Nós acreditamos que somos eterno, por causa do medo e do inconformismo que gera a ultima batida do coração, todos os povos que crê acreditaram que sobreviveram a decomposição de seus corpos, mais não é bem assim. Enquanto alguns crêem outros desacreditam, mais isso é claro nem todos acreditariam nessas coisas, tem pessoa que se dizem religioso mais não passam de pura falsidade. O nome de Deus pode ser usado em piores atrocidades, mais se esta fazendo aquilo em nome de Deus varias pessoas apóiam o ato. O crente julga muito os ateus, não tem compaixão, por isso digo que uns finges que crê.

    Dalva Souza 1ª m01

    ResponderExcluir
  34. Eu também acho que cada um segue a religião que acha melhor para eles,muitas pessoas ficam criticando a religião dos outros mas ninguem e obrigado a seguir religião diferente,muitas pessoas acreditam em Deus e muitos não entao fica e o criterio de cada um ea religião tambem...
    Daniele da Silva 1ªM03

    ResponderExcluir
  35. Eu tambem concordo que cada um sabe em quem crê,e que religião seguir,pois todo mundo e livre pra saber o que quer e devemos respeitar a desição de cada um mesmo se acredita em deus ou não...
    Carolina Manhago 1ªM03

    ResponderExcluir
  36. Na minha opinião não tem nada ver as pessoas descriminar uns aos outros por causa de sua religião pois cada um cre em quem acha q e melhor pra ele e quem confia!algumas acreditam em Deus uns nao entao fica a desição de cada um
    Marlene Poppe 1ªM03

    ResponderExcluir
  37. Cada um escolhe sua crença (ter religião ou não ) ,e quando olhar a crença do outro vai fazer uma descriminação religiosa sendo expressada ou não,mas nos temos que respeitar a crença dos outros .Eu vejo os ateu e espírita de forma diferente mas foi escolha de Le eu não tenho nada com a vida deles mas eu vejo de uma forma diferente mas não faço nada contra eles e uma crença que também esta crescendo .Como diz no texto cada um vai criticar a crença do outro por isso cada um escolhe a sua .

    Rodrigo pancotto da silva
    turma : 1M01

    ResponderExcluir
  38. Cada um tem sua opinião, sua cultura, e tal, só porque o cara não acredita em Deus ele tem que ser discriminada na sociedade, isso não tem nada haver, só porque ele e ateu ele faz propagação do Satanás, também não e isso, eos ''pastores'' da tv, que ficam arrancando dinheiro de pessoas por meio da propagação de Deus, isso sim, isso que as pessoas deveriam ficar ligadas!

    Renzo Rodrigues 1m 04

    ResponderExcluir
  39. Todos nos temos uma crença diferente cabe a nos mesmos respeitamos uns aos outros se alguém "escolhe" ser ateu não será por causa disso que ela deve ser discriminada porque na maioria das vezes estamos tão acostumados e sermos iguais e quando alguém se torna diferente em nossa sociedade e motivo de descriminá-la.

    Daniela Ribeiro 1°m01

    ResponderExcluir
  40. Lui Fonseca do Nascimento
    1° INFORMÁTICA

    Algumas pessoas tem preconceito por outras de religiões diferentes, eu acho que cada um tem uma opinião diferente e que a religião é determinada de acordo com a fé de cada pessoa, seja ela crente, evangélica ou católica.
    Devemos nos contentar com nossa religião e não provocar ou descriminar pessoas com religião diferente, isso evitaria muitos conflitos em nossa sociedade atual.
    Há pessoas que se dizem servos de DEUS para se aproveitar dos fiéis para "roubar o dinheiro" de dizimo e ofertas oferecidas.
    Os ateus são oprimidos por não terem religião, são excluidos e provocados por muitos pois não acredita em Deus ou em qualquer religião, ele não acredita pois não consegue, não é questão de escolha, e deve ser respeitado.

    ResponderExcluir
  41. Nos dias de hoje, infelizmente nem todas as pessoas são respeitadas, por um simples motivo o preconceito. Se a humanidade soubesse conviver entre si não teriamos tantas desavenças. Cada um tem sua religião não importa qual, uma coisa muito pequena que devemos fazer é respeitar, não é tão difícil assim. Um dos atos mais importantes é o respeito. Ninguêm gostaria de ser julgado. Então vamos refletir e pensar que ninguêm é igual ao outro. Cada pessoa escolhe o lugar que se sinta bem. Ninguêm deve forçar o outro a seguir a mesma religião, só porque tem o dever ou pensa ter esse dever, em trazer pessoas para o seu mundo. Essa é minha opinião se você quer ser respeitado respeite também o próximo.

    Elidiane Oliveira
    1°M03

    ResponderExcluir
  42. Bom isso e um tema que é bem discutido no nosso mundo, eu acho que cada um tem sua religião, escolhe a que querem por isso cada um tem que respeitar, pois a diversas religiões para seguirem. Se eu quero que respeite a minha tenho que respeita a dos outros. Se a religião ajuda as pessoas a enfrentar os problemas da vida ,seja bem-vinda, desde que não a torne intolerante, autoritária ou violenta. Pois DEUS é um só.
    Lucas Barbosa de Oliveira 1ºM04

    ResponderExcluir
  43. Hoje em dia as pessoas estão muito acostumadas com o comum, por isso surge o preconceito contra quem pensa de forma diferente da maioria. Como a maioria das pessoas são crentes, as ateias são vistas como algo contra Deus, por isso são tão descriminadas. No meu ponto de vista, a religião é uma escolha, assim como qualquer outra coisa. Da mesma forma que existem "provas" para algumas pessoas de que Deus existe, também exitem pessoas que não creem nisso, e que precisam ver, sentir ou ao menos ouvir falar de algo que pareça mais real.
    Do mesmo modo é que se exige respeito a raça e opção sexual, também se deve exigir respeito a quem é ateu.
    Acredito que uma pessoa que se considera tão religiosa, tão crente em Deus, não deveria nunca criticar quem não crê no mesmo.

    Mariane Ferrari- 1ºM04

    ResponderExcluir
  44. Hoje, em nossa sociedade, cada pessoa segue uma religião, e surge um certo preconceito em relação ao mesmo. Se uma pessoa é católica, e outra é ateia, nenhuma das duas, vai fazer com que uma se mude pra religião da outra. Apenas cada ser tem que respeitar a religião do próximo, independentemente de qual seja, porque se nós queremos ser respeitados com nossa religião, também devemos respeitar a do próximo. Religião não é muito uma coisa para se descutir, pois cada pessoa tem a sua e vai segui-la da forma que ela é. Escolher uma religião, é direito de todos os cidadãos e ninguém tem que interferir nesta escolha, pois nenhuma religião é superior a outra. Portanto, hoje em nossa sociedade, se houvesse mais respeito entre as pessoas que seguem religiões diferentes da nossa, não estaria este preconceito contra certas religiões.

    Raniele Fioresi 1ºM 03

    ResponderExcluir
  45. Bom cada um tem sua religião e muitas pessoas tem preconceito da religião da outra.hoje em dia muitas pessoas não consegue arrumar um emprego por causa da religião.Entam para mim cada um tem sua vida própia tem o poder de escolher sua religião.


    Lucas Vieira Santesso 1°logística

    ResponderExcluir
  46. Cíntia M. Langa 1ºM0229 de julho de 2012 16:22

    É um assunto bastante polemico, mesmo que temos liberdade para expressar nossas opiniões devemos ser cautelosos quando nos referimos a ele, pois o preconceito é grande e as pessoas não medem as palavras para falar dos ateus.É realmente espantoso em pleno seculo XXI onde todos somos livres para escolher o que queremos, ainda existe preconceito religioso. Para a maioria, a pessoa que não acredita em Deus é considerada satânica, mas não é bem assim. São pessoas normais, cidadãos como nós que apenas não crê em divindade nenhuma. Devemos respeita-los pois por mais que os julgamos eles nos respeita e não nos julgam por acreditar em Deus

    ResponderExcluir
  47. Jaqueline Ragazzi 1ºM0329 de julho de 2012 16:27

    Todos temos direito de escolher em que acreditar, mas tem gente que não respeita isso e sai por aí falando mal das pessoas, principalmente ateus, apenas por eles não acreditarem em Deus. É a opinião deles e não devemos interferir. Não sei quando isso vai acabar, só sei que ta dificil viver em um mundo cheio de preconceito, acho que é por que os ateus são minorias, mas isso não justifica o que certas pessoas fazem com os ateus, mesmo que mentalmente nós os julgamos. E isso não deve ser assim, todos tem que parar com isso para o mundo ser melhor.

    ResponderExcluir
  48. Gilcilei e Gilcinei Coleta da Silva 1ºM 0129 de julho de 2012 17:47

    Religião é um tema muito complicado de se mexer, de ser expressar de dizer o que você pensa sobre ela e como você age sobre ela.
    Hoje em dia existem inumeras crenças e religiões, o que nem sempre tras o melhor para todos, cada crença tem seu modo de ver o mundo as coisas ao seu redor, o que os leva a ter muitos conflitos.
    Eu não etendo muito de religião mas uma coisa eu sei todos devemos respeitar o proximo assim como devemos respeitar a crença, a religião, o modo de viver de cada ser, pois independente de tudo temos que viver juntos querendo ou não.

    ResponderExcluir
  49. Caio César Dias Pereira - 1º Logística29 de julho de 2012 20:02

    O texto do nosso saudoso Dr. Dráuzio Varella é muito interessante, pois além de mudar o ponto de vista em relação aos ateus, nos faz refletir sobre algumas atitudes que temos contra a religião do próximo, como por exemplo, a intolerância religiosa. Uma coisa que me chamou a atenção ao ler o texto foram as seguintes partes:

    “Que sentido tem para um protestante a reverência que o hindu faz diante da estátua de uma vaca dourada? Ou a oração do muçulmano voltado para Meca? Ou o espírita que afirma ser a reencarnação de Alexandre, o Grande? Para hindus, muçulmanos e espíritas esse cristão não seria ateu? Na realidade, a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. Não é o que pensa o evangélico na encruzilhada quando vê as velas e o galo preto? Ou o judeu quando encontra um católico ajoelhado aos pés da virgem imaculada que teria dado à luz ao filho do Senhor? Ou o politeísta ao ouvir que não há milhares, mas um único Deus?”.

    Na sociedade em que vivemos são muitos os casos em que a pessoa não respeita o próximo pela sua crença religiosa, e como é citado acima, muitas pessoas acham que a religião do próximo não passa de um amontoado de falsidades e superstições. Eu acho isso um desrespeito, uma intolerância contra o próximo, pois todos tem o direito de escolher/seguir a religião que bem entende, sendo ela católica, evangélica, espírita ou até mesmo o ateu. Então: “Não Julgueis, para que não sejais julgado”

    ResponderExcluir
  50. Comentários encerrados em 30/07/2012 as 08:30 horas.

    ResponderExcluir