quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Atividade alunos Terceiro Ano EEEFM "Petronilha Vidigal"


Realize uma pesquisa a respeito da visita de Yoani Sánchez ao Brasil buscando os motivos de tal ato e também conhecendo os motivos pelo qual o Governo Cubano elaborou um Dossiê a respeito da vida da blogueira. 

Construa um texto em dupla ou individualmente que traga uma breve biografia da blogueira e posteriormente destacando a questão política do ato praticado pelo governo Cubano com ajuda de seus tentáculos no Brasil.  

A postagem poderá ser feita até o dia 22/03/2013 as 17:00 horas  quando os comentários serão encerrados


Dúvidas podem ser tiradas pelo facebook: https://www.facebook.com/wagner.barbosadeoliveira.9?ref=tn_tnmn

Também curtam a página: https://www.facebook.com/FilosofiaCastelo

Bom trabalho a todos.

11 comentários:

  1. EEEFM "Petronilha Vidigal
    NOME:Nathália de Jesus Rolly
    Série:3ºano 01


    Yoani Sánchez é uma filóloga e jornalista Cubana,vitima do governo querendo dar o ideal para o seu país.Por isso em abril de 2007 ela criou um blog para dar mais liberdade para o povo Cubano,mas só que com esse blog o governo cubano ficou furioso e deu a ordem de prende- lá e proibindo o acesso a computador até mesmo em sua própria casa,e além de proibirem seu acesso ao blog levaram até mesmo todos os seus computadores, então o governo Cubano criou um sistema para impedir a população de ter acesso ao seu blog,pois o governo não queria que a população soubesse da realidade de seu país e o principal objetivo de seu blog era a realidade.
    Mas já aconteceu vários casos assim , de pessoas sendo ameaçadas, prejudicadas e até mesmo mortas por querer confrontar o governo.

    ResponderExcluir
  2. E.E.E.F.M.´´Profª Petronílha Vidigal``
    Dupla: Tamirys Costa , Carla Matias
    Série: 3º ano matutino

    Yoani Sánches
    Blogueira Cubana a frente de seus ideais fez um blog contra as autoridades cubanas entre elas o presidente o ditador Fidel Catro , e pagou um preço muito alto por isso foi presa e teve seu computador apreendido, e teve seu passaporte caçado . Nem por isso ela deichou seus ideais de lado sempre correndo atrás de uma vida mehor para os cubanos para que eles tenham mais liberdade em suas escolhas principalmente liberdade de explessão , e com isso tudo Fidel Castro teve que voltar atras de suas decisões pois os olhos do mundo todo já estavam voltados para yoani Sánchez , pois ninguém nunca teve coragem de afrentear Fidel Castro com tanta inteligência e sabedoria como yoani Sánchez .

    ResponderExcluir
  3. E.E.E.F.M “Profª Petronilha Vidigal”
    Dupla: Nathalia Luis e Raiane Mariano
    Turma: 3º ano Matutino

    Quem é Yoani Sánchez nas mãos do governo?
    Onde esta a liberdade? Yoane é mais uma vitima nas mãos do governo.
    Através de seu blog Yoani expressou suas idéias do que é o governo, não contentes com a atitude dela e sendo mais fácil para eles resolveram então tirar-la do caminho.
    Sendo impedida de acessar o blog em sua própria casa, Yoani com a ajuda de Weomaster e de colaboradores da revista cubana Consenso, iniciou um blog intitulado de “ Geração Y ” . Tendo muito acesso o governo cubano implantou um sistema de filtragem impedindo o povo tivesse acesso ao blog, entendemos então a vontade deles era que a população não soubesse realmente do que deveria saber.
    Ser sequestrada e agredida por dizer aquilo que pensa? Não concordo com essa atitude, se não querem que o povo saiba, não faça!
    Após cinco anos sem poder sair de Cuba, Yoani conseguiu autorização para ir nos países pelo qual ela recebeu algum premio ou tinha interesses pessoais.
    Chegou ao Brasil!
    Mais logo venho a questionar: Será que o PSDB só foi gentil ou teve mais interesses? Na minha opinião eles não jogam para perder e por traz de tanta gentileza foi-se tirado algo muito beneficente a eles.

    ResponderExcluir
  4. E.E.E.F.M. ´´ Petronilha Vidigal``
    Dupla: Josias Morais de Moura, Lander dos Santos Picoli
    Série: 3° ano 01

    Yoani Sanchez
    Yoani Sanches é uma blogueira cubana e guerreira, pois mesmo protestando contra o governo do ditador Fidel Castro fazendo com que ele apreendesse o computador de Yoani e também seu passaporte mas ela ainda continuou na luta para que seu povo fosse livre mas com objetivo maior de aumentar a renda familiar.

    ResponderExcluir
  5. E.E.E.F.M.PROFª PETRONILHA VIDIGAL
    NOMES: FERNANDA , LORENA SÉRIE: 3º ANO M1

    Yoani Sánchez

    Yoani Sánchez é uma filóloga e jornalista cubana, mora em cuba. É conhecida por seu blog geração Y, Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero, Yoani conheceu o marido, o jornalista Reinaldo Escobar, em 1993 e em 1995 tiveram um filho chamado Matt.
    Yoani iniciou um blog intitulado Geração Y, que rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo , o governo cubano bloqueio o acesso do blog , porque ela dava informação do governo cubano. Ela queria que seu país pudesse liberar informações para o mundo e receber noticias do mundo todo também.Sua visita ao Brasil: após quase 5 anos sem poder sair de Cuba, Yoani Sánchez conseguiu uma autorização para visitar países onde recebeu prêmios ou tem interesses pessoais, sua chegada ao país, porém, enfrentou alguns contratempos. Logo ao sair do saguão de desembarque do Aeroporto Internacional do Recife (PE), na madrugada de 18 de fevereiro de 2013, a blogueira cubana enfrentou manifestações ruidosas de uma dezena de simpatizantes do regime castrista. Jovens ligados à partidos de esquerda, como o PCdoB, PCR e PT levaram cartazes onde acusam Yoani de ser agente da CIA e traidora do regime cubano. Já em Feira de Santana, na Bahia, Convidada pelos parlamentares do PSDB Otávio Leite (RJ) e Álvaro Dias (PR) a visitar o Congresso Nacional e exibir o documentário "Conexão Cuba-Honduras" na quarta-feira, 20 de fevereiro, a blogueira cubana mais uma vez enfrentou protestos, dessa vez de alguns parlamentares de partidos de esquerda e da base aliada ao governo. Também foi aplaudida por vários outros. O PSDB diz estar defendendo a liberdade de impressa de Yoani.

    ResponderExcluir
  6. E.E.E.F.M. Profª Petronilha Vidigal
    Alunas: Eduarda, Stefany
    Série: 3º ano M1

    Biografia de Yoani Sánchez

    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Yoani conheceu o marido, o jornalista Reinaldo Escobar, em 1993 e em 1995 tiveram um filho chamado Matt. Em 1995 iniciou o curso Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana, durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga.
    Em 2002, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e meio de subsistência. Yoani iniciou um blog intitulado Geração Y, que rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo.

    Visita ao Brasil

    A blogueira cubana Yoani Sánchez deu inicio a uma turnê mundial, na qual pretendia visita diversos países, é verdade que a visita ao Brasil da blogueira cubana que ficou conhecida por denunciar os abusos da ditadura dos irmãos Castro na internet, provocou reações adversas no Brasil. Por todo lugar em que passou, houve manifestações de apoio e contrárias à sua visita ao país, após o governo de Cuba ter diminuído as normas para viagens ao exterior.
    Jovens ligados à partidos de esquerda, como o PCdoB, PCR e PT levaram cartazes onde acusam Yoani de ser agente da CIA e traidora do regime cubano.As manifestações foram uma grande burrice serviram apenas para a mídia repetir suas críticas de que a esquerda é contra a liberdade de expressão.
    Embora que os campeões da restrição de livre expressão são justamente os grandes grupos de mídia, e ao mesmo tempo ficou claro que para alguns militares de esquerda, o fato de Yoani criticar o governo de cuba é um incômodo.

    ResponderExcluir
  7. E.E.E.F.M.Profª Petronilha Vidigal
    Componentes: Ingrid dos Santos, Maiara dos Santos
    Série: 3º Matutino

    Yoani Sánchez nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez. Seu pai trabalhava na rede ferroviária do Estado, como o avô tinha feito antes, primeiro como operário e depois como um engenheiro.
    Frequentou a escola e fez seus estudos secundários em Centro Habana, incluindo a assistência às escolas de campo onde, como mencionado em seu artigo "O Hobbit Hole", a falta de individualidade e privacidade se tornou insuportável.
    Entretanto, em 2004 Yoani retornou a Cuba. Na entrada do blog "Eu vim e fiquei", ela relatou que voltou para a ilha por razões familiares, mas havia perdido o seu direito de regressar a Cuba por ter ficado fora por mais de onze meses sem uma licença especial. Para evitar a expulsão de seu próprio país ela destruiu seu passaporte, que lhe permitiu voltar a estabelecer-se em Havana.
    Yoani afirma que “desde março 2008, o governo cubano programou um sistema de filtragem de acesso que impossibilita que o blog seja acessado em Cuba”. Desde então ela conta com uma rede de colaboradores que atualizam o blog. O blog é traduzido em quinze línguas.
    As respostas de Yoani foram publicadas no blog Geração Y. A entrevista também foi destacada no site oficial do Departamento de Estado dos Estados Unidos.

    ResponderExcluir
  8. E.E.E.F.M.Profª Petronilha Vidigal
    Componente: Jane de Souza
    Série: 3º Matutino

    Yoani Sánchez nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Sánchez. Seu pai trabalhava na rede ferroviária do Estado, quando o sistema de transporte ferroviário de Cuba entrou em colapso após o fim do comunismo na Europa, William Sánchez ficou sem trabalho.
    Yoani Sánchez frequentou a escola e fez seus estudos secundários em Centro Habana, se casou teve filhos e desde então vive em um apartamento em Havana.
    Em 2000 se formou na Universidade de Havana, após 2 anos, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e meio de subsistência.
    Entretanto, em 2004 Yoani retornou a Cuba. Na entrada do blog "Eu vim e fiquei", ela relatou que voltou para a ilha por razões familiares, mas havia perdido o seu direito de regressar a Cuba por ter ficado fora por mais de onze meses sem uma licença especial. Para evitar a expulsão de seu próprio país ela destruiu seu passaporte, que lhe permitiu voltar a estabelecer-se em Havana.

    ResponderExcluir
  9. E.E.E.F.M.Profª Petronilha Vidigal
    Componentes: Luiara Bianque, Renata Siqueira
    Série: 3º Matutino
    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana Em 1995 iniciou o curso Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana.
    Durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: "que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga." Em 2000 ela se formou na Universidade de Havana, com o título de Filologia, e uma tese controversa: Um estudo da literatura da ditadura na América Latina.
    Em setembro de 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil. Depois de um curto período de tempo na editora, pediu demissão e passou a ensinar espanhol a turistas alemães, com um rendimento superior ao anterior. Muitos profissionais graduados cubanos, por causa da crise e falta de oportunidades, adotaram caminhos semelhantes. Em 2002, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e Em 2007, trabalhando como webmaster, escritora e editora do portal Desde Cuba e com a ajuda de colaboradores da revista cubana Consenso.
    Yoani iniciou um blog intitulado Geração Y, que rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo. Yoani afirma que “desde março 2008, o governo cubano programou um sistema de filtragem de acesso que impossibilita que o blog seja acessado em Cuba”. Desde então ela conta com uma rede de colaboradores que atualizam o blog. O blog é traduzido em quinze línguas. Meio de subsistência.

    ResponderExcluir
  10. E.E.E.F.M João Bley
    Turma 3°Informática
    Componentes: Rafaela Robertti e Viviane Assis

    Biografia:
    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nascida em 4 de setembro de 1975, é filóloga e jornalista.Se formou em Filologia pela Universidade de Havana em 2000, morou e trabalhou na Europa, retornando ao seu país para cuidar de seu pai adoecido e de toda sua família. É crítica das condições limitantes de vida dos cubanos, para manter o seu blog “Generación Y” ela acesse a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso. Ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro. O salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês. O seu blog, o “Generacion Y”, é descrito da seguinte maneira: “É um blog inspirado em pessoas como eu, com nomes que começam ou possuem o “y”. Nascidos em Cuba dos anos 1970 e 1980, marcados pelas escolas rurais, bonequinhos russos, a emigração ilegal e a frustração. Em 2008, foi considerada pela revista Time na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, trabalhando como jornalista e blogueira num país onde não há liberdade de expressão. É casada com o jornalista Reinaldo Escobar, e mãe de Matt. Iniciou no curso superior de Filologia Hispânica em 1995. É acusada pelo governo cubano e pelos defensores do antigo comunismo de ser agente da CIA; a blogueira se defende e diz viver somente de suas atividades jornalísticas.

    Texto:
    A vinda de Yoani ao Brasil não foi fácil. O regime cubano não permitia a saída da blogueira e o senador petista Eduardo Suplicy, sensibilizado com o trabalho dela, chegou a enviar uma carta à embaixada solicitando uma autorização especial para ela se ausentar do país. No Congresso nacional, Yoani foi recebida como uma celebridade. Ela pôde assistir ao documentário em que aparece e que teve a exibição impedida por manifestantes ligados a partidos de esquerda na Bahia. Ela é uma das mais famosas opositoras do governo cubano e autora do blog "Generación Y". No entanto também, foi recebida, sendo quase esmagada no tumulto entre jornalistas, seguranças e políticos. "Estou feliz por estar aqui", disse ao entrar no Parlamento. "Ao chegar, muitos amigos me deram boas vindas, e outras pessoas me insultaram, gritando. Quem dera em Cuba se pudesse fazer o mesmo. Viva a liberdade", escreveu Yoani em seu Twitter, em relação aos manifestantes no Recife. Em Salvador, ela foi retirada do aeroporto por uma saída lateral da Infraero para evitar os manifestantes. No saguão do aeroporto do Recife, pouco mais de dez jovens carregavam cartazes onde se lia: "Yoani Sánchez: uma mentira patrocinada pela CIA" e "Segundo a Unicef, existem 146 milhões de crianças subnutridas no mundo. Nenhuma delas é cubana."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela esse espaço é para os alunos da Escola Petronilha Vidigal favor postar no local certo.

      Excluir