quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Atividade alunos Terceiro Ano EEEFM "João Bley"


Realize uma pesquisa a respeito da visita de Yoani Sánchez ao Brasil buscando os motivos de tal ato e também conhecendo os motivos pelo qual o Governo Cubano elaborou um Dossiê a respeito da vida da blogueira.

Construa um texto em dupla ou individualmente que traga uma breve biografia da blogueira e posteriormente destacando a questão política do ato praticado pelo governo Cubano com ajuda de seus tentáculos no Brasil.  

A postagem poderá ser feita até o dia 22/03/2013 as 17:00 horas  quando os comentários serão encerrados


Dúvidas podem ser tiradas pelo facebook: https://www.facebook.com/wagner.barbosadeoliveira.9?ref=tn_tnmn

Também curtam a página: https://www.facebook.com/FilosofiaCastelo

Bom trabalho a todos.

33 comentários:

  1. E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
    NOME:Laís Págio
    Série:3ºano 01


    Onde está o direito de liberdade de expressão?

    Yoani Sánchez é mais uma vítíma nas mãos do Governo,como poucas pessoas ela teve a coragem e a gara de expressar suas ideias e de mostrar ao povo o que é reaumente o Governo.Mas como o Governo se sente precionado ele faz de tudo para tirar da sua frente o que esta atrapalhando.
    Yoani é uma filóloga e jornalista cubana,com seus grandes conhecimentos editou em Abril de 2007 o "blog Generación Y",mas sendo impedida de acessa-ló na sua própria casa,e por isso definiu-se como uma blogueira "cega".Ai vem novamente uma pergunta,como uma cidada comum que paga todos os seus impostos é proibida de acessar um blog na sua próprica casa?E de espressar suas ideias?
    Com a ajuda de webmaster e de colaboradores da revista cubana Consenso, Yoani iniciou um blog intitulado Geração Y,e teve grande acesso da população,com isso o Governo cubano implementou um sistema de filtragem de acesso que impedi a população de Cuba de acessar o blog,ou seja o Governo não quer que a população de Cuba saiba das informações que na realidade não são passadas ao povo.Mas esse caso é apenas mais um de muitos que acontesse no mundo,quantas pessoas que acabão sendo mortas ou prejudicadas por tentar mostrar ao povo suas ideias,ou ir contra o Governo.Na minha opnião se o Governo está proibindo a população de acessar o blog,é porque deve ter alguma informação que ele não quer que a população saiba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo Laís Págio, você realmente entendeu o que era para ser feito no comentário.

      Excluir
  2. Yoani Sánchez (Havana, 4 de setembro de 1975) é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia em 2000 na Universidade de Havana, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raúl Castro.
    O blog da Yoani tem mais interesse politico e econômico sob o poder ser feito para aumentar a participação do cidadão brasileiro e do Brasil no mercado internacional, atingindo o crescimento econômico maior do que dos outros países. Mas objetivo maior e aumentar a qualidade de vida dos cidadãos brasileiro aumentando renda e o patrimônio das famílias.

    aluna lorena oliveira
    turma 3ºM01

    ResponderExcluir
  3. Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Seu pai trabalhava na rede ferrroviária do Estado, como o avô tinha feito antes, primeiro como operário e depois como um engenheiro. Foram anos difíceis para a economia cubana, coincidindo com o colapso da União Soviética e da perda dos subsídios a Cuba, que tinha assumido cerca de oitenta por cento do comércio internacional em Cuba, durante quase três décadas.
    Yoani conheceu o marido, o jornalista Reinaldo Escobar, em 1993 e em 1995 tiveram um filho chamado Matt. Desde então eles vivem juntos em um apartamento em Havana.
    Em 1995 iniciou o cursA mensagem de sua viagem de 80 dias por vários países é "de esperança", segundo a ativista, mas não pelas reformas que o governo cubano possa implementar, "mas pelo crescimento e desenvolvimento" que ela nota na sociedade civil cubana.

    Quanto à República Tcheca, Yoani reservou palavras de agradecimento pela "postura consequente" do governo de Praga por sua posição a favor dos direitos humanos em Cuba.o Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana. Durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: "que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga." Em setembro de 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil. Depois de um curto período de tempo na editora, pediu demissão e passou a ensinar espanhol a turistas alemães. Em 2002, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e meio de subsistência.
    Entretanto, em 2004 Yoani retornou a Cuba. Na entrada do blog "Eu vim e fiquei", ela relatou que voltou para a ilha por razões familiares, mas havia perdido o seu direito de regressar a Cuba por ter ficado fora por mais de onze meses sem uma licença especial. Para evitar a expulsão de seu próprio país ela destruiu seu passaporte, que lhe permitiu voltar a estabelecer-se em Havana.
    Em 2009 a Editora Contexto publicou uma coletânea de seus textos, chamada De Cuba, com carinho..

    Em entrevista concedida à Agência Efe na capital tcheca, a ativista política explicou que, poucos dias antes de sua chegada ao Brasil, o embaixador cubano em Brasília distribuiu um dossiê contra ela, inclusive entre funcionários do PT.

    Segundo a blogueira, de 37 anos, "isso aqueceu os ânimos, porque muitos brasileiros sentiram que era uma intromissão nos assuntos internos" de seu país.

    O que Yoani classifica como "escândalo político" ficou manifestado, na sua opinião, pelo fato de que semanas antes de sair de Cuba, vários blogs governistas tinham dito que lhe dariam uma "resposta contundente" no exterior.

    No momento em que chegou a Recife, Yoani foi recebida por um grupo de críticos com cartazes contra ela, que voltaram a aparecer posteriormente nas apresentações do documentário "Conexão Cuba-Honduras", dirigido pelo brasileiro Claudio Galvão e que era o motivo principal de sua viagem ao Brasil.O mesmo grupo boicotou depois em São Paulo uma leitura e sessão de autógrafos de seu livro "De Cuba, com carinho", apresentado no Brasil já em 2009, embora sem sua presença, já que na época o regime não a deixava sair de Cuba.

    Mas Yoani ponderou que "a grande maioria" das pessoas com as quais se encontrou no Brasil foi solidária a ela. A mensagem de sua viagem de 80 dias por vários países é "de esperança", segundo a ativista, mas não pelas reformas que o governo cubano possa implementar, "mas pelo crescimento e desenvolvimento" que ela nota na sociedade civil cubana.


    ResponderExcluir
  4. E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
    NOME:Letícia da C. Thiengo Batista
    Série:3ºano 01


    Yoani Sanchez é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia ,alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raúl Castro. É conhecida por seu blog Generación Y, editado desde abril de 2007, com dificuldades, porque não pode acessá-lo de casa, e, por isso, definiu-se como uma blogueira "cega",esse é o reflexo de quando pessoas simplesmente querem expressar suas opiniões e alertar aqueles q não tem conhecimento, Yoani quer ajudar quem precisa mais como ela pode ajudar se o governo simplesmente invada sua privacidade, e bloqueando o acesso a seu blog que conquistou milhões de pessoas simplesmente por ela só falar a verdade,simplesmente podemos dizer que nesse governo de Cuba alguma coisa tem, que os governantes não querem que a população saiba.Yoani é muito conhecida por todo mundo, tanto que já recebeu muitos prêmios um deles aqui no Brasil, onde veio buscar no início desse ano, após 5 anos sem poder sair de Cuba conseguiu uma autorização para vir buscar, pois bem ela chegou aqui no dia 18 de fevereiro,e encontrou dificuldades ao chegar muitos estão contra ela, outros a favor, mas ela firme e forte defendendo o direito de expressão não se abalou discursou e não se importou pelas pessoas q estavam contra ela pois o q ela defende e o direito a expressão e o que aquelas pessoa s estavam fazendo era exatamente isso se expressando. Ela é um exemplo a ser seguido como no mito da caverna, muitos não conseguem enxergar a verdade e ela é como o sol que veio para dar luz aqueles que não conseguem enxergar a verdade e lutar pelo que queremos.

    ResponderExcluir
  5. E.E.E.F. M “João Bley”
    Data: 22/03/2013
    Serie: 3° INF
    Turno: Matutino
    Componentes: Lucas Destefani, Helena Cristina.

    Biografia:
    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Seu pai trabalhava na rede ferroviária do Estado, como o avô tinha feito antes. Frequentou a escola e fez seus estudos secundários em Centro Habana, incluindo a assistência às escolas de campo. Em 1995 iniciou o curso de Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana. Durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: “que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga”, mas ao longo de um período, Yoani percebeu que era através da filologia que ela conseguiria a intelectualidade necessária para reivindicar suas opiniões e se tornar critica. Hoje, Yoani Sanches é uma filóloga e jornalista cubana, licenciada em 2000 na universidade de havana, alcançou e numerosos prêmios por seus artigos e suas criticas a respeito da situação social em Cuba sob o governo de Fidel castro e seu sucessor Raul castro.

    A América de Yoani Sánchez
    Seguindo os conceitos marxistas (socialistas), cuba sempre foi idealizada como pais da opressão, do regime e da estatização máxima dos “aparelhos burocráticos”, onde cada vez mais pessoas lutam para conseguir a “liberdade” econômica e social, uma vez que cuba vive com uma estrutura “sucateada” devido à escassez de tecnologia e recursos econômicos, dentre estes que lutam, destaca-se em especial, Yoani Sanches, uma jornalista cubana que fez de suas criticas movimentos anticomunistas que influenciaram diversos governos, como do ditador Fidel castro.
    As criticas de yoani não só ficaram em cuba, mas foram difundidas em grande parte do mundo onde esta ganhou prestigio e rendeu comentários por parte de algumas nações, pelo fato dela contradizer seu país e o regime que ela esta vivendo.
    Segundo uma enquete realizada pela revista Veja, Yoani deixa bem claro como que é a saúde em cuba e ressalta a situação catastrófica do país respondendo um questionário proposto pela revista, além disso, Yoani relata a recepção hostil sofrida aqui no Brasil, onde ela se torna alvo de criticas de “blogueiros” de partido de esquerda insatisfeitos com as criticas feitas por ela contra seu país também aproveita este momento para ressaltar a importância de seu blog para a sociedade cubana, sendo assim, yoani conta o cotidiano de Cuba, principalmente seu atraso tecnológico e em contrapartida fala daqueles que acreditam que seu trabalho está sob influencia das superpotências capitalistas (EUA) que tentam derrubar o regime socialista cubano. Esta hipótese é firmada através dos conflitos que ocorreram entre os sistemas capitalistas e socialistas na guerra fria. Porem ela nega esse tipo de vinculo com os Estados Unidos e com qualquer outro país, afirmando que atua por livre vontade e que suas criticas são de total idealização dela a fim de obter maior liberdade de expressão tanto para si quando para os demais moradores de cuba.

    ResponderExcluir
  6. Escola: E.E.E.F. “João Bley”
    Nome: Marilia Candido da Silva
    Serie: 3º info
    Yoani Sánchez é uma vitima do governo, pois ela e a única pessoa que tem a coragem de enfrentar o governo e mostrar a população oque de fato acontece, e o governo com medo do que a população poderia fazer fez de tudo para que ela não conseguisse se objetivo.
    Yoani e uma jornalista cubana que em abril de 2007 publicou na internet um blog para que a população pudesse ficar sabendo das coisas que não eram passadas para elas e que yoani sabia pois tinha muito conhecimento ,mas ela foi impedida de acessar o site em sua casa foi definida uma blogueira “cega”. Ai surge uma pergunta como uma cidadã que paga seus impostos como todas as outras pessoas e proibida de acessar seu site em sua própria casa? Não podendo nem expressar suas ideias? Mas com a ajuda de colaboradores de uma revista cubana yoani iniciou outro blog dessa vez chamado de Geração Ele teve rapidamente muitos acessos da população o governo cubano novamente quis impedir que a população visitasse o site criou então um sistema para impedir que a população acessasse o site, isso mais uma vez mostra que o governo que esconder a verdade da população.
    Esse e mais um caso de muitos que andam acontecendo no mundo, quantas pessoas já morreram tentando mostrar a outras as suas ideias? Em minha opinião se o governo quis proibir a população de acessar o site e por que tem alguma coisa que entrega o governo tipo: pode ser corrupção, desvio de dinheiro, pode também esta falando de todo o dinheiro que o governo recebe para ajudar a população e eles gastam e falam que não tem dinheiro para dar uma boa saúde para toda uma educação de boa qualidade enfim oque acontece com todos os governos.

    ResponderExcluir
  7. E.E.E.F.M 'JOÃO BLEY'
    Nome: Caroline Carari, Josiane Raimundo
    3º M 01

    Yoani Sánchez é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raul Castro. É conhecida por seu blog Generación Y, editado desde abril de 2007, com dificuldades, porque não pode acessá-lo de casa, e, por isso, definiu-se como uma blogueira "cega".
    O blog teve grande acesso pela população de Cuba, então o Governo fez um sistema que impede que a população tenha acesso ao blog. Em seu blog ela passa para a população interesses econômicos e políticos para que todos possam ver a realidade do país. logo quando chegou ao Brasil, Yoani ficou sabendo que o Governo Cubano fizeram um dossiê contra ela, pois sentiram que era uma intromissão nos assuntos internos.
    A população brasileira recebeu ela bem, mas em alguns lugares fizeram protestos, pois acharam errado o que ela estava fazendo, mas ela disse que conseguiu passar sua mensagem de esperança e que espera que o Governo Cubano faça reformas para que tenha um bom crescimento e desenvolvimento em seu país.

    ResponderExcluir
  8. E.E.E.F.M João Bley
    NOME:Leonara Christo; Pâmela da S. Louzada
    Série:3ºano 01
    Turno: Matutino

    Yoani Sanchez Cordero Maria, nasceu em quatro de setembro de 1975 na cidade de Havana, é jornalista, filóloga. Conhecida mundialmente por ser uma “blogueira”, criou um blog ”Generacion y” que mesmo correndo riscos por ser contra o regime cubano, ela expõe suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, onde luta a favor de uma Cuba democrática, a blogueira recebe muito apoio por essa luta, mas ao mesmo tempo sofre com protestos e perseguições de pessoas que defendem o comunismo Havana. Com essa força de vontade e garra para ir atrás do que ela acha certo, o blog ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo, pois dentro de um lugar onde ninguém pode falar o que acha sobre a política, Yoani faz muito mais, pois além de expor sua opinião, também diz que o regime cubano é “ruim” e que pessoas deveriam ter e expor suas opiniões. Yoani ganhou muitos prêmios mundialmente pela iniciativa e coragem, incentivando e motivando as pessoas que apoiam uma Cuba democrática. Depois de esperar quase seis anos para conseguir um visto para sair de Cuba Yoani veio ao Brasil, onde as pessoas tem uma liberdade de expressão maior, pois em Cuba as pessoas não têm. Em sua vinda ao Brasil Yoani autografou seu livro “De Cuba- Com Carinho”, além de ter participado de seminários e debates onde foi proposto o tema “Liberdade de expressão”.

    ResponderExcluir
  9. Escola: E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
    Turma: 3° INFORMÁTICA
    Componentes: Igor Andrade e Camila Barbosa

    BIOGRAFIA

    A jornalista e filósofa Yoani Sánchez Cordeiro Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, filha de Willian e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Conheceu seu marido, o jornalista Reinaldo Escobar em 1993 e anos depois tiveram um filho chamado Matt.
    No ano de 1995 iniciou o curso Filosofia Hispânica, na faculdade de letras e artes, da universidade de Havana. Durante a passagem pela universidade ela percebeu que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filologia. Em 2000 ela se formou na universidade de Havana com o título de filologia. Em setembro do ano 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil.
    Entretanto, em 2004 Yoani retornou a Cuba. E então postou em seu blog "Eu vim e fiquei", ela relatou que voltou para a ilha por razões familiares, mas havia perdido o seu direito de regressar a Cuba por ter ficado fora por mais de onze meses sem uma licença especial. Para evitar a expulsão de seu próprio país ela destruiu seu passaporte, que lhe permitiu voltar a estabelecer-se em Havana.

    TEXTO

    No início da semana passada, a blogueira cubana Yoani Sánchez deu início a uma turnê mundial, na qual pretende visitar diversos países, após o governo de Cuba ter diminuído as restrições para viagens ao exterior. Sánchez começou seu “giro” pelo Brasil, onde foi alvo de protestos tanto em sua chegada ao país, no aeroporto do Recife, como em Feira de Santana (BA).
    Sinceramente, achei uma tremenda burrice tais manifestações. Serviram apenas para a velha mídia repetir suas teses hipócritas de que a esquerda é contra a liberdade de expressão: embora saibamos que os campeões da restrição à livre expressão são justamente as grandes corporações midiáticas, ao mesmo tempo ficou claro que para alguns militantes de esquerda, o fato de Yoani Sánchez criticar o governo de Cuba é um incômodo.
    Dizem que Yoani Sánchez é agente da CIA e outras coisas. Pode até ser. Inclusive, há muita coisa mal-explicada sobre ela. E justamente por isso que é preciso deixá-la falar: para que mais de suas contradições se tornem visíveis (uma delas já é notória: Yoani, a defensora da democracia apareceu numa foto junto com o deputado Jair Bolsonaro, nostálgico da ditadura militar).

    ResponderExcluir
  10. ALUNA: Jéssica Nunes da Silva
    Série: 3° M 01

    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nascida em 4 de setembro de 1975, é filóloga e jornalista. Formou-se em Filologia pela Universidade de Havana em 2000, morou e trabalhou na Europa, retornando ao seu país para cuidar de seu pai adoecido e de toda sua família. É crítica das condições limitantes de vida dos cubanos, para manter o seu blog “Generación Y” ela acessa a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso.
    Ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro. O salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês.
    Antes de abrir o blog, ela tentou lançar uma revista impressa, mas pela ausência de melhores condições decidiu abrir o blog em 2007. Em 2008, foi considerada pela revista Time na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, trabalhando como jornalista e blogueira num país onde não há liberdade de expressão.
    É casada com o jornalista Reinaldo Escobar, e mãe de Matt. Iniciou no curso superior de Filologia Hispânica em 1995. É acusada pelo governo cubano e pelos defensores do antigo comunismo de ser agente da CIA; a blogueira se defende e diz viver somente de suas atividades jornalísticas.
    Em fevereiro de 2013, esteve no Brasil, foi recebida sob protestos em Salvador, participou de palestras, lançou o seu livro “Desde Cuba” em edição em português no nosso país, conheceu o Rio de Janeiro e concedeu entrevistas aos canais TV Cultura e Bandeirantes.
    Do Brasil seguiu para a Europa, para visitar França e República Checa. Yoani acredita na iminente queda do regime comunista cubano pelos próprios erros econômicos e sociais existentes e na insatisfação que já toma conta das novas gerações.

    A blogueira Yoani Sánchez desembarcou no Brasil no mês passado para divulgar o livro De Cuba, com Carinho, uma coletânea de seus textos sobre o triste cotidiano do povo cubano sob a ditadura dos irmãos Fidel e Raúl Castro. O trabalho rendeu a dissidente uma perseguição implacável. Ela foi sequestrada, torturada e, durante anos, impedida de deixar o país. É rotulada de mercenária pelos comunistas da ilha e acusada de trair os princípios revolucionários. O que Yoani não sabe é que, apesar da distância que separa o Brasil de Cuba, ela não estará livre dos olhos e muito menos dos tentáculos do regime autoritário. Para os sete dias em que permaneceu no Brasil, o governo cubano escalou um grupo de agentes para vigiá-la e recrutaram outro com a missão de desqualificá-la a partir de um patético dossiê. Uma conspirata oficial em território estrangeiro contra quem quer que seja é uma monumental afronta à soberania de qualquer nação. Esse caso, porém, envolve uma inquietante parceria. O plano para espionar e constranger Yoani Sánchez foi elaborado pelo governo cubano, mas foi executado com o conhecimento e o apoio do PT, de militantes do partido e de pelo menos um funcionário da Presidência da República.

    ResponderExcluir
  11. E.E.E.F.M.João Bley
    Turma:3 Ano 01
    Aluno:Alex Gonçalves de Oliveira


    Sem liberdade

    Yoani Sánchez é uma filóloga e jornalista cubana que luta pelos direitos de expressão, que é conhecida por seu blog Generación Y, editado desde abril de 2007, com dificuldades, porque não pode acessá-lo de casa, e, por isso, definiu-se como uma blogueira "cega".
    Por ironia do destino Yoani nasceu logo em Cuba que um um país socialista a onde não a direitos de expressão,mas ela não quis nem saber . Yoani achou na internet uma forma de expressar suas opiniões sobre o regime de Cuba,mostrando assim as verdades ocorrida no país.O governo cubano fez de tudo para que ela desistisse de seu blog,mas foi em vão.
    Yoani veio ao Brasil e com ela a polêmica ,logo em sua chegada ele foi recebida por manifestantes que trouxeram cartazes dizendo que ela era uma gente da cia.Mas eu pergunto por que toda essa confusão? Será que o Brasil tem algo a esconder também?
    Quando ela foi ate o Senado para dar uma palestra que seria transmitida para o Brasil todo ´´coincidentemente`` em uma manobra em que supostamente foi comandada pelo Palácio do Planalto, a sessão de votações que deveria ter início as 14hs foi, no final da noite do dia anterior, alterada para as 11hs pelo atual presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Com isso, o horário da visita acabou coincidindo com os trabalhos de votação, o que impediu a TV Câmara de transmitir ao vivo a exibição do filme e posterior debate.Cara pra mim isso e muita coincidência.
    O Brasil não é um país socialista mas com certeza ele não quer deixar o seu povo expressar suas opiniões por que sabe se uma pessoa se expressar vai abrir novas discussões e com essas discussões vai se descobrir a verdade sobre o governo Brasileiro.

    ResponderExcluir
  12. E.E.E.F.M. João Bley
    Nome: Joyce A. Bruni
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez,Havana, 4 desetembro de 1975 é uma filóloga e jornalista cubana .Licenciada em Filologa em 2000 na Universidade de Havana, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor,Raúl Castro.
    Yoani foi uma mulher de coragem , pois enfrentou grandes barreiras e ainda enfrenta para ter a sua liberdade para se expressar e de impor suas criticas de um governo duvidoso , indo contra todo um regime de seu país e de pessoas poderosas a ponto de arriscar sua própria vida para expor suas idéias colocando pessoas do mundo inteiroa se questionar sobre esse regime.

    ResponderExcluir
  13. E.E.E.F.M “João Bley”
    Alunos: Julia Valane Zuim e Lucas Biló Brunelli
    Série: 3ºM01

    Yoani Sanchez Cordero Maria, nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, em 4 de setembro de 1975. É uma filóloga e jornalista cubana. É conhecida mundialmente como a blogueira “cega” que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, mas não tem acesso ao seu blog “Generación Y” no próprio lar. Ela Recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana.
    Em seu blog, ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro, e o salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês, tornando esses objetos inacessíveis para quase toda população.
    Hoje, em Cuba, governo não permite que cidadãos sejam contra seu plano de governo e tenham a liberdade de expressão, pois querem mostra para população que, busca sempre o bem de todos, oferecendo alimentação , educação e saúde de qualidade, e pagam salários miseráveis para toda população, e lhe tiram o direito de liberdade e expressão de todos.
    O governo proibiu que Yoani mostrasse para o povo qual era a verdadeira situação que se encontrava o país, e de transmitir essa informação para os demais países. Só depois de muitos anos, ela conseguiu o visto para ir a outro país.
    No dia 13 de fevereiro de 2013, a blogueira desembarcou no Brasil em Recife(BA), para exibir seu documentário e lançar o seu livro “Desde Cuba”. Porém, sua chegada ao paíse teve alguns contratempos. Grupos de manifestantes pro-Cuba acusavam a blogueira de ser agente da CIA e traidora do regime cubano.
    No Brasil, todos nós, somos livres para expressarmos nossas opiniões, porém, muitas vezes nos deixamos ser manipulados pelo governo, que fazem com que acreditemos apenas naquilo que o interessa. Mas há grupos de pessoa que buscam transmitir suas opiniões, sendo contra ou a favor do governo brasileiro, mostrando um lado do governo, muitas vezes desconhecido por todos.

    ResponderExcluir
  14. E.E.E.F. M “João Bley”
    Turma: 3° Informática.
    Turno: Matutino
    Componentes: Lucas Carvalho Santana e Bruna Curty Machado.
    -Biografia
    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu na cidade de Havana. Em 1995 iniciou o curso Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana e se formou em 2000 título de Filologia, e uma tese controversa: Um estudo da literatura da ditadura na América Latina. Em setembro de 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil. Depois de um curto período de tempo na editora, pediu demissão e passou a ensinar espanhol a turistas alemães, com um rendimento superior ao anterior. Em 2002, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e meio de subsistência.
    Entretanto, em 2004 Yoani retornou a Cuba. Na entrada do blog "Eu vim e fiquei", ela relatou que voltou para a ilha por razões familiares, mas havia perdido o seu direito de regressar a Cuba por ter ficado fora por mais de onze meses sem uma licença especial. Para evitar a expulsão de seu próprio país ela destruiu seu passaporte, que lhe permitiu voltar a estabelecer-se em Havana.

    -Yoani Sánchez e suas críticas
    Yoane Sanchez assim como muitos cubanos sonham em obter uma liberdade de expressão significativa, o que a estimulou criar um blog de forma a ser um caminho para suas criticas que abalou a sociedade de cuba e outros países. Cuba é um país caracterizado por muita repressão e intolerância para qualquer forma de desistência politica e, com yoane não foi diferente. O governo Cubano, por conter grande controle do sistema de internet, usou este fator como maneira de repreensão. Apesar de ter sido acusada de relações com países capitalistas, yoani critica principalmente as falhas do socialismo cubano, cujo não obedece as verdadeiros meios de igualdade social, impondo á população praticas politicas inadequadas e que proporciona a desigualdade principalmente em membros políticos e a demais população. Yoani recebeu grandes criticas á sua visita no Brasil, principalmente por alguns partidos de esquerda sentirem que era uma intromissão nos assuntos internos do país. Porém, Yoani recebeu estímulos de poucos grupos que concordavam com seus ideais e praticas revolucionarias que servem de apoio para grandes mudanças.

    ResponderExcluir
  15. E.E.E.F.M João Bley
    NOME: Flávia Barbosa; Tamires Pontes
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez é uma filóloga e jornalista cubana. Com seus grandes conhecimentos, editou em abril de 2007 o "Blog Generación y", que teve grande acesso da população, mas literalmente sendo impedida de acessá-lo na sua própria casa, e por isso definiu-se como uma blogueira "cega".
    Por causa de ter coragem e garra para expressar sempre suas idéias e de mostrar ao povo o que o Governo realmente é, o povo foi impedido de acessar o blog, ou seja, o Governo não quer que a população cubana saiba realmente da realidade do Governo que não são passadas para o povo.
    Esse é mais um caso de muitos que andam acontecendo no mundo, quantas pessoas já morreram tentando mostrar a outras pessoas as suas idéias? Na nossa opinião, o Governo quis proibir a população de acessar o blog, porque tem alguma coisa que entrega o Governo.
    As criticas da blogueira cubana, não ficaram só em Cuba, mas também foram difundidas em grande parte mundo, onde ganhou prestígios e recebeu milhares de comentários, pelo fato de contradizer seu país e o regime que ela está vivendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
      NOME: Gabriel de Oliveira Silva
      Série:3ºano informática
      Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Ela é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia em 2000 na Universidade de Havana, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raúl Castro. Durante anos, Yoani foi impedida de sair da ilha comunista, onde é acusada de trair os princípios revolucionários do governo dos irmãos Castro, Fidel e Raúl.
      Yoani , publica seus pensamentos críticos em um blog, para tentar mudar as atitudes dos governantes mediante a sociedade. O governo de culba declarou ao Brasil um dossiê, para tentar acabar com a atitude da ativista, mais mesmo assim, ao chegar no Brasil Yoani se sente apoiada, pelos brasileiros, e comenta sobre o dossiê: “É um dossiê preparado para fazer uma estratégia que eu conheço muito bem: a estratégia de matar o mensageiro. Não é um dossiê sobre os argumentos que apresento, ou que negue algo que escrevo em meu blog, mas um dossiê que trata de me matar eticamente e moralmente frente aos meus leitores. Não há possibilidade de um debate em uma polêmica quando o outro quer te destruir”. o intuito dela, era “avivar” a voz cidadã, e mostrar que deve-se ter voz ativa.

      Excluir
  16. E.E.E.F.M João Bley
    NOME: Alan Pereira, Washington De Souza Cristo
    Série: 3° EMI Informática



    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu na cidade de Havana. Em 1995 iniciou o curso Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana e se formou em 2000 título de Filologia, e uma tese controversa: Um estudo da literatura da ditadura na América Latina.
    Por causa de ter coragem e garra para expressar sempre suas idéias e de mostrar ao povo o que o Governo realmente é, o povo foi impedido de acessar o blog, ou seja, o Governo não quer que a população cubana saiba realmente da realidade do Governo que não são passadas para o povo. O Governo estava proibindo o blog dela no ar.Na minha opnião se o Governo está proibindo a população de acessar o blog,é porque deve ter alguma informação que ele não quer que a população saiba.

    ResponderExcluir
  17. EEEFM João Bley
    Nome: Larissa Roberto Coelho e Izamara Oliveira Abreu
    Serie: 3°M 01

    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu em 4 de setembro de 1975 no município de Centro Habana, na cidade de Havana, é uma filóloga e jornalista cubana filha de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero, casada com o jornalista Reinaldo Escobar. Em 1995 iniciou o curso de Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana, durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: "que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga." Em 2000 ela se formou na Universidade de Havana, com o título de Filologia, e uma tese controversa: Um estudo da literatura da ditadura na América Latina. Em setembro de 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil.

    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoio por sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Seu blog, Geração Y, rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo. Yoani afirma que "desde março 2008, o governo cubano implementou um sistema de filtragem de acesso que impossibilita que o blog seja acessado em Cuba”. Depois de cinco anos de frustrados pedidos ao governo comunista para viajar ao exterior, Yoani escolheu o Brasil para iniciar seu giro de cerca de 80 dias por mais de dez países da América Latina e Europa. Em uma entrevista aqui no Brasil Yoani disse: “Escutar o outro é básico para a democracia”, porém, parece que o governo cubano não pensa dessa forma, ao impossibilitar o acesso ao blog, ele impede as pessoas de “ pessar”, afinal através do blog, Yoani faz muitas criticas ao governo, lá, ela pode expressar, tudo o que sabe e pensa sobre o governo cubano, é o que chamamos de liberdade de expressão. Yoani, também recebeu muitas criticas, em sua chegada aqui no Brasil foi recebida por muitos protestos, e manifestações. Yoani, ao criticar o governo, expõe à população cubana todas as injustiças, e luta ativamente pelos direitos de todos.

    ResponderExcluir
  18. E.E.E.F.M João Bley
    NOME:Jessica Alves
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez é uma filóloga e também uma grande jornalista cubana, filha de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Alcançou fama internacional e vários prêmios por seus artigos da situação em Cuba sobre o governo de Fidel Castro e de Raul Castro.
    Frequentou a escola e fez seus estudos secundários em Centro Habana, incluindo a assistência as escolas de campo.
    Yoani Sánchez lutou muito para alcançar suas metas e conseguiu se propiciar ao governo e mostrou com garras e determinação que desse assunto ela entende o suficiente para se garantir ao governo, e não desistiu jamais de conquistar seus objetivos mesmo nas dificuldades passadas.

    ResponderExcluir
  19. E.E.E.F. M “João Bley”
    Turma: 3° Informática.
    Componentes: Paloma Milaré e Daiane Guarnier.
    Biografia
    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba. Nascida em 4 de setembro de 1975, morou e trabalhou na Europa, retornando ao seu país para cuidar de seu pai adoecido e de toda sua família. É crítica das condições limitantes de vida dos cubanos, para manter o seu blog “Generación Y” ela acesse a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso. Antes de abrir o blog, ela tentou lançar uma revista impressa, mas pela ausência de melhores condições decidiu abrir o blog em 2007. Em 2008, foi considerada pela revista Time na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, trabalhando como jornalista e blogueira num país onde não há liberdade de expressão. É acusada pelo governo cubano e pelos defensores do antigo comunismo de ser agente da CIA; a blogueira se defende e diz viver somente de suas atividades jornalísticas.

    Yoani Sánchez,
    A blogueira cubana Yoani Sánchez deu início a uma “turnê” mundial, na qual pretendia visitar diversos países, após o governo de Cuba ter diminuído as restrições para viagens ao exterior. Ela começou pelo Brasil, onde foi alvo de protestos por vários lugares por onde passou. Afinal, não eram necessárias tantas manifestações, pois, serviram apenas para a mídia repetir suas teses. Yoani Sánchez recebeu e recebe muitos apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos de pessoas que não entende que cada um tem o direito de se manifestar, dar sua opinião diante dos fatos, aliás, dar uma opinião sem correr risco de perseguição política tinha que ser um direito assegurado a todos. Mas muitas vezes a policia, a mídia se preocupa tanto com algo e pessoas desnecessariamente e acabam se esquecendo de que há acontecimentos que realmente precisam de atenção.

    ResponderExcluir
  20. E.E.E.F. M “João Bley”
    Turma: 3° Informática.
    Turno: Matutino
    Componentes: Douglas Duarte, Salmo Rodrigues

    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Yoani conheceu o marido, o jornalista Reinaldo Escobar, em 1993 e em 1995 tiveram um filho chamado Matt. Em 1995 iniciou o curso Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana, durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga.
    Em 2002, Yoani decidiu deixar Cuba por razões econômicas e emigrou para a Suíça, onde descobriu o computador como uma profissão e meio de subsistência. Yoani iniciou um blog intitulado Geração Y, que rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo.



    Em sua vinda ao Brasil a blogueira cubana Yoani Sánchez deu inicio a uma turnê mundial, na qual pretendia visita diversos países, é verdade que a visita ao Brasil da blogueira cubana que ficou conhecida por denunciar os abusos da ditadura dos irmãos Castro na internet, provocou reações adversas no Brasil. Por todo lugar em que passou, houve manifestações de apoio e contrárias à sua visita ao país, após o governo de Cuba ter diminuído as normas para viagens ao exterior.
    Jovens ligados à partidos de esquerda, como o PCdoB, PCR e PT levaram cartazes onde acusam Yoani de ser agente da CIA e traidora do regime cubano.As manifestações foram uma grande burrice serviram apenas para a mídia repetir suas críticas de que a esquerda é contra a liberdade de expressão.
    Embora que os campeões da restrição de livre expressão são justamente os grandes grupos de mídia, e ao mesmo tempo ficou claro que para alguns militares de esquerda, o fato de Yoani criticar o governo de cuba é um incômodo.

    ResponderExcluir
  21. E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
    NOME: Gabriel de Oliveira Silva
    Série:3ºano informática
    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Ela é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia em 2000 na Universidade de Havana, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raúl Castro. Durante anos, Yoani foi impedida de sair da ilha comunista, onde é acusada de trair os princípios revolucionários do governo dos irmãos Castro, Fidel e Raúl.
    Yoani , publica seus pensamentos críticos em um blog, para tentar mudar as atitudes dos governantes mediante a sociedade. O governo de culba declarou ao Brasil um dossiê, para tentar acabar com a atitude da ativista, mais mesmo assim, ao chegar no Brasil Yoani se sente apoiada, pelos brasileiros, e comenta sobre o dossiê: “É um dossiê preparado para fazer uma estratégia que eu conheço muito bem: a estratégia de matar o mensageiro. Não é um dossiê sobre os argumentos que apresento, ou que negue algo que escrevo em meu blog, mas um dossiê que trata de me matar eticamente e moralmente frente aos meus leitores. Não há possibilidade de um debate em uma polêmica quando o outro quer te destruir”. o intuito dela, era “avivar” a voz cidadã, e mostrar que deve-se ter voz ativa.

    ResponderExcluir
  22. E.E.E.F.M. JOÃO BLEY
    NOME: Gabriel de Oliveira Silva
    Série:3ºano informática
    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu no município de Centro Habana, na cidade de Havana, uma das duas filhas de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Ela é uma filóloga e jornalista cubana. Licenciada em Filologia em 2000 na Universidade de Havana, alcançou fama internacional e numerosos prêmios por seus artigos e suas críticas da situação social em Cuba sob o governo de Fidel Castro e de seu sucessor, Raúl Castro. Durante anos, Yoani foi impedida de sair da ilha comunista, onde é acusada de trair os princípios revolucionários do governo dos irmãos Castro, Fidel e Raúl.
    Yoani , publica seus pensamentos críticos em um blog, para tentar mudar as atitudes dos governantes mediante a sociedade. O governo de culba declarou ao Brasil um dossiê, para tentar acabar com a atitude da ativista, mais mesmo assim, ao chegar no Brasil Yoani se sente apoiada, pelos brasileiros, e comenta sobre o dossiê: “É um dossiê preparado para fazer uma estratégia que eu conheço muito bem: a estratégia de matar o mensageiro. Não é um dossiê sobre os argumentos que apresento, ou que negue algo que escrevo em meu blog, mas um dossiê que trata de me matar eticamente e moralmente frente aos meus leitores. Não há possibilidade de um debate em uma polêmica quando o outro quer te destruir”. o intuito dela, era “avivar” a voz cidadã, e mostrar que deve-se ter voz ativa.

    ResponderExcluir
  23. E.E.E.F.M João Bley
    NOME: Laíz de Freitas Padovani e Luciana Ribeiro Fagundes
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez Cordero Maria, nascida na cidade de Havana, em 4 de setembro de 1975. É uma filóloga e jornalista cubana. Ganhou muita fama por manifestar suas opiniões em relação ao governo de seu país através de seu blog “Generación Y”, mas ela não possui acesso ao blog em sua própria casa, por isso, definiu-se como uma blogueira “cega”.
    Em 2002, quando emigrou para a Suíça, Yoani descobriu o computador como meio de trabalho. Quando retornou ao seu país em 2004, ela perdeu o direito de viver em Cuba, por ter ficado fora sem uma permissão. Ela destruiu seu passaporte, para evitar ser expulsa do país e, poder voltar a morar em Havana.
    Depois de muito tempo sem sair de Cuba, Yoani conseguiu autorização para visitar países onde recebeu prêmios. A sua saída de Cuba só foi possível, porque o governo cubano concedeu a liberdade de viagem aos cidadãos, mas com restrições .
    Yoani desembarcou no Brasil no dia 18 de fevereiro de 2013, sob protestos de grupos que se declaravam ligados a partidos de esquerda. Ela veio até nosso país com o intuito de participar de sessões de autógrafos de seu livro “De Cuba – com carinho”, e também participar de debates e seminários com o tema: “Liberdade de expressão”.
    Além dos protestos contra Yoani, também foi feito um dossiê com informações distorcidas sobre o que seria a vida de luxo dela, afirmando que ela havia se rendido ao dinheiro. Além de tudo o que aconteceu, a blogueira conseguiu fazer o que queria, e também falou um pouco de seu país, ela disse que sonha com o dia em que haverá liberdade de expressão em Cuba.

    ResponderExcluir
  24. E.E.E.F.M.JOÃO BLEY

    Yoani Sanchez

    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nascida em 4 de setembro de 1975, é filóloga e jornalista.
    Se formou em Filologia pela Universidade de Havana em 2000, morou e trabalhou na
    Europa, retornando ao seu país para cuidar de seu pai adoecido e de toda sua família. É crítica das condições limitantes de vida dos cubanos, para manter o seu blog “Generación Y” ela acesse a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso.
    Ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro. O salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês.
    O seu blog, o “Generacion Y”, é descrito da seguinte maneira: “É um blog inspirado em pessoas como eu, com nomes que começam ou possuem o “y”. Nascidos em Cuba dos anos 1970 e 1980, marcados pelas escolas rurais, bonequinhos russos, a emigração ilegal e a frustração. Então eu convido especialmente Yanisleidi, Yoandri, Yusimí, Yuniesky e outros que carregam seus “Y” para ler e escrever-me.”
    Antes de abrir o blog, ela tentou lançar uma revista impressa, mas pela ausência de melhores condições decidiu abrir o blog em 2007. Em 2008, foi considerada pela revista Time na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, trabalhando como jornalista e blogueira num país onde não há liberdade de expressão.
    É casada com o jornalista Reinaldo Escobar, e mãe de Matt. Iniciou no curso superior de Filologia Hispânica em 1995. É acusada pelo governo cubano e pelos defensores do antigo comunismo de ser agente da CIA; a blogueira se defende e diz viver somente de suas atividades jornalísticas.
    Em fevereiro de 2013, esteve no Brasil, foi recebida sob protestos em Salvador, participou de palestras, lançou o seu livro “Desde Cuba” em edição em português no nosso país, conheceu o Rio de Janeiro e concedeu entrevistas aos canais TV Cultura e Bandeirantes.
    Do Brasil seguiu para a Europa, para visitar França e República Checa. Yoani acredita na iminente queda do regime comunista cubano pelos próprios erros econômicos e sociais existentes e na insatisfação que já toma conta das novas gerações.

    Comparção do Mito da Caverna e a Yoani
    Suas coparações são exatamente iguais pois na Yoani fala q ela era uma mulher com a vida sosieconômica muito baixa ela foi acusada de ser agente da CIA ,ela éumajornalista bem sussedida ao seu trabalho,e ela fala q sobrevive de seu trabalho.
    Ela teve no Brasile foirecebida sob protestos participou de palestras em Salvador
    lançu seu livro "Desde Cuba"então sua vida nãofoi muitofacil teve q lutar muito para ter suas conquistas
    Isso vem desde da antiguidade pessoas sendo acusadas de algo sem ter cometido,des do mitoda caver acontesseu o mesmo com Sócrates foiacusado e punido , sua punição levo Sócrates a morte , então desde da antiguidade que ja vem as persseguições.
    OBS: está é minha comparação de Bhyanka Martins do MITO DA CAVERNA E DE YOANI SANCHEZ.

    NOME:BIANCA MARTINS
    SÉRIE:1°MO2

    ResponderExcluir
  25. E.E.E.F.M “João Bley”
    Alunos: Larissa Roberto Coelho e Izamara Oliveira Abreu
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez Cordero Maria nasceu em 4 de setembro de 1975 no município de Centro Habana, na cidade de Havana, é uma filóloga e jornalista cubana filha de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero, casada com o jornalista Reinaldo Escobar. Em 1995 iniciou o curso de Filologia Hispânica, na Faculdade de Letras e Artes, da Universidade de Havana, durante a passagem pela universidade ela percebeu duas coisas: "que detestava o mundo da intelectualidade e da alta cultura, não queria mais ser filóloga." Em 2000 ela se formou na Universidade de Havana, com o título de Filologia, e uma tese controversa: Um estudo da literatura da ditadura na América Latina. Em setembro de 2000 ela conseguiu um emprego na Editora Gente Nueva, dedicada à literatura infantil.

    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba,Yoani Sanchez recebe apoio por sua luta em favor da democracia e,ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Seu blog, Geração Y,rapidamente ganhou a atenção de milhares de pessoas ao redor do mundo. Yoani afirma que"desde março 2008,o governo cubano implementou um sistema de filtragem de acesso que impossibilita que o blog seja acessado em Cuba”. Depois de cinco anos de frustrados pedidos ao governo comunista para viajar ao exterior, Yoani escolheu o Brasil para iniciar seu giro de cerca de 80 dias por mais de dez países da América Latina e Europa.Em uma entrevista aqui no Brasil Yoani disse:“Escutar o outro é básico para a democracia”,porém, parece que o governo cubano não pensa dessa forma,ao impossibilitar o acesso ao blog, ele impede as pessoas de “ pessar”, afinal através do blog,Yoani faz muitas criticas ao governo,lá,ela pode expressar,tudo o que sabe e pensa sobre o governo cubano, é o que chamamos de liberdade de expressão. Yoani, também recebeu muitas criticas, em sua chegada aqui no Brasil foi recebida por muitos protestos,e manifestações. Yoani, ao criticar o governo, expõe à população cubana todas as injustiças, e luta ativamente pelos direitos de todos.

    ResponderExcluir
  26. E.E.E.F.M João Bley
    NOME: Jessica Alves
    Série: 3ºM01

    Yoani Sánchez é uma filóloga e também uma grande jornalista cubana, filha de William e Mary Eumelia Sánchez Cordero. Alcançou fama internacional e vários prêmios por seus artigos da situação em Cuba sobre o governo de Fidel Castro e de Raul Castro.
    Frequentou a escola e fez seus estudos secundários em Centro Habana, incluindo a assistência as escolas de campo.
    Yoani Sánchez lutou muito para alcançar suas metas e conseguiu se propiciar ao governo e mostrou com garras e determinação que desse assunto ela entende o suficiente para se garantir ao governo, e não desistiu jamais de conquistar seus objetivos mesmo nas dificuldades passadas.

    ResponderExcluir
  27. E.E.E.F.M João Bley
    Turma 3°Informática
    Componentes: Rafaela Robertti e Viviane Assis

    Biografia:
    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nascida em 4 de setembro de 1975, é filóloga e jornalista.Se formou em Filologia pela Universidade de Havana em 2000, morou e trabalhou na Europa, retornando ao seu país para cuidar de seu pai adoecido e de toda sua família. É crítica das condições limitantes de vida dos cubanos, para manter o seu blog “Generación Y” ela acesse a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso. Ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro. O salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês. O seu blog, o “Generacion Y”, é descrito da seguinte maneira: “É um blog inspirado em pessoas como eu, com nomes que começam ou possuem o “y”. Nascidos em Cuba dos anos 1970 e 1980, marcados pelas escolas rurais, bonequinhos russos, a emigração ilegal e a frustração. Em 2008, foi considerada pela revista Time na lista das cem pessoas mais influentes do mundo, trabalhando como jornalista e blogueira num país onde não há liberdade de expressão. É casada com o jornalista Reinaldo Escobar, e mãe de Matt. Iniciou no curso superior de Filologia Hispânica em 1995. É acusada pelo governo cubano e pelos defensores do antigo comunismo de ser agente da CIA; a blogueira se defende e diz viver somente de suas atividades jornalísticas.

    Texto:
    A vinda de Yoani ao Brasil não foi fácil. O regime cubano não permitia a saída da blogueira e o senador petista Eduardo Suplicy, sensibilizado com o trabalho dela, chegou a enviar uma carta à embaixada solicitando uma autorização especial para ela se ausentar do país. No Congresso nacional, Yoani foi recebida como uma celebridade. Ela pôde assistir ao documentário em que aparece e que teve a exibição impedida por manifestantes ligados a partidos de esquerda na Bahia. Ela é uma das mais famosas opositoras do governo cubano e autora do blog "Generación Y". No entanto também, foi recebida, sendo quase esmagada no tumulto entre jornalistas, seguranças e políticos. "Estou feliz por estar aqui", disse ao entrar no Parlamento. "Ao chegar, muitos amigos me deram boas vindas, e outras pessoas me insultaram, gritando. Quem dera em Cuba se pudesse fazer o mesmo. Viva a liberdade", escreveu Yoani em seu Twitter, em relação aos manifestantes no Recife. Em Salvador, ela foi retirada do aeroporto por uma saída lateral da Infraero para evitar os manifestantes. No saguão do aeroporto do Recife, pouco mais de dez jovens carregavam cartazes onde se lia: "Yoani Sánchez: uma mentira patrocinada pela CIA" e "Segundo a Unicef, existem 146 milhões de crianças subnutridas no mundo. Nenhuma delas é cubana."

    ResponderExcluir
  28. Yoani Sanchez Cordero Maria,nasceu em Habana,na cidade de Havana, é formada em filologia. com o tempo descobriu o computador como fonte de subsistência e um meio de trabalho. Foi desde então que iniciou seu blog. A blogueira é bastante criticada pelo governo cubano.
    Por ser determinada e expor suas opiniões sobre a realidade de cuba, Yoani teve seu acesso ao blog bloqueado, deste então, contava com a ajuda de colaboradores para atualiza-lo, mas enfim, em 2011 seu acesso foi permitido.
    Por sua vez Yoani na verdade é uma defensora da liberdade de expressão em um suposto governo ditatorial, autoritário e fortemente repressivo, as principais acusações sobre a blogueira são que ela seria uma mercenária e teria relações exteriores com os Estados Unidos.
    Sendo assim houve um dossiê "levantado" contra ela onde o governo cubano escalou um grupo de agentes pra vigia-la. em sua vinda ao Brasil Yoani teve vários contra tempos, foi apoiada mas ao mesmo tempo "vaiada" pelo povo, o governo brasileiro não se manifesta a favor, já que o PT (Partido da nossa Presidente) apoia o governo cubano sobre as medidas tomadas contra Yoani, e também o nosso pais fica com as relações comerciais com o governo cubano a desejar, fazendo com que não se manifeste a favor por pressão e duvida de como serão as relações futuras entre os dois países.
    mesmo sabendo que a "torcida" contra seu trabalho é grande Yoani não desiste e persiste com sua determinação a fim de desmascarar o governo cubano e ter uma nova realidade em seu cotidiano e no cotidiano de todos os cidadãos de Cuba.
    Ana Carla e Edilaine 3°M01

    ResponderExcluir
  29. E.E.E.F.M. João Bley
    Nome: Renan Z. Mariani
    Série: 3º M 01
    Conhecida mundialmente como a blogueira cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em Cuba, Yoani Sanchez recebe apoios pela sua luta em favor da democracia e, ao mesmo tempo, sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nascida em 4 de setembro de 1975, é filóloga e jornalista.
    No seu blog ela critica o baixo nível de acessibilidade da Internet em seu país, onde ter computador, celular e internet em casa é muito caro. O salário médio em Cuba é de 30,00 dólares ao mês.
    Em Cuba o governo não permite que os cidadãos sejam contra seu governo e tenha liberdade de expressão.
    O governo proibiu que Yoani mostrasse para o povo qual a verdadeira situação transmitir para outros países.
    A blogueira veio até o Brasil para lançar seu livro Desde Cuba, porém em sua chegada grupos manifestantes pro-Cuba acusaram de Yaoni ser agente da CIA e traidora de Cuba.

    ResponderExcluir
  30. Conhecida mundialmente como a blogueira Cubana que manifesta suas opiniões contra a ditadura dos irmãos Castro em cuba,Yoani Sánchez recebe apoio pela sua luta em favor da democracia e,ao mesmo tempo,sofre perseguições e protestos dos defensores do comunismo de Havana. Nasceu em 4 de setembro de 1975,é filóloga e jornalista.
    Para manter seu blog "Generación y" ela acessa a internet uma vez por semana a partir de um hotel em Havana, utilizando um cartão de acesso contado por horas de uso. Sua vinda ao Brasil não foi fácil.O regime não permitia a saída da blogueira.

    Nome:Ariane dos Santos e Naiara Moulin
    Série:3ºM01

    ResponderExcluir